Força Nacional amplia atuação no RN para cidades de Parnamirim, Macaíba, Vera Cruz e Ielmo Marinho

Publicação: 2018-01-03 19:19:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Força Nacional de Segurança Pública já iniciou o reforço do policiamento em municípios na região metropolitana de Natal (RN). As equipes passaram a atuar em Parnamirim, Macaíba, Vera Cruz e Ielmo Marinho. A mudança, segundo o Ministério da Justiça, ocorre para melhor distribuir o patrulhamento no Estado.

A medida foi adotada após as Forças Armadas, subordinadas ao Ministério da Defesa, assumirem o controle das operações de segurança pública no estado. O Exército está coordenando o patrulhamento e tem guarnições, especialmente, na capital e Mossoró, maiores cidades potiguares.
As equipes da Força Nacional passaram a atuar em Parnamirim, Macaíba, Vera Cruz e Ielmo Marinho
As equipes da Força Nacional passaram a atuar em Parnamirim, Macaíba, Vera Cruz e Ielmo Marinho

Desde fevereiro de 2017, a Força Nacional atua contra o crime e a violência em Natal, dentro das ações do Plano Nacional de Segurança Pública. A operação foi prorrogada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJ) na semana passada, por mais seis meses, atendendo a pedido do governo estadual. O efetivo também foi reforçado em 100 homens.

O trabalho da Força Nacional acontece em colaboração e cooperação com os órgãos locais de segurança pública, por meio das ações integradas de policiamento ostensivo, polícia judiciária e perícia forense. O objetivo é auxiliar na redução de homicídios dolosos e violência contra a mulher.

A Força
Coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério (Senasp/MJ), a Força Nacional de Segurança Pública é um programa de cooperação federativa de auxílio à segurança pública em qualquer ponto do país. Atualmente, a Força desenvolve 16 operações em 10 estados.

Além da Força Nacional, o MJ mantém em Natal, desde janeiro, a Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), gerenciada pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen/MJ), em apoio ao sistema prisional do estado. As duas ações no RN, da FTIP e da Força Nacional, fazem parte do Plano Nacional de Segurança Pública.




continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários