Forças armadas encerram operação e mil militares ficarão de prontidão no RN

Publicação: 2018-01-13 10:20:00 | Comentários: 0
A+ A-
Yuno Silva
Repórter

O comandante da Operação Potiguar III, general Ridauto Lúcio Fernandes, encerrou na manhã deste sábado (13) as atividades das Forças Armadas e da Força Nacional que restabeleceram as condições de ordem pública e segurança em Natal, demais municípios da Região Metropolitana e Mossoró.
Militares estavam atuando no RN desde o dia 29 de dezembro
Militares estavam atuando no RN desde o dia 29 de dezembro

"Consideramos a missão cumprida", afirmou o general para a tropa formada por 2,8 mil militares e agentes de segurança envolvidos na Operação. Ridauto informou que parte do contingente ficará de prontidão para atender qualquer chamado de urgência. "Vamos manter cerca de mil militares de sobreaviso, de forma que em duas ou três horas conseguimos mobilizar a integralidade das tropas", disse o comandante.
General considerou operação no RN bem sucedida
General Ridalto considerou operação no RN bem sucedida

Entre o dia 27 de dezembro e 12 de janeiro, período de vigência da convocação da Operação Potiguar III, foram realizadas 14 mil ações, 1.080 ocorrências foram atendidas, 44 pessoas foram detidas e 69 carros recuperados. "Estamos satisfeitos com o cumprimento da missão, entregamos à Secretaria de Segurança Pública(Sesed) um entorno estável e em segurança. A segurança é uma sensação, e conseguimos traduz nossas ações nessa sensação que a sociedade almejava", reforçou Fernandes.

De acordo com a assessoria de imprensa da Operação Potiguar III, uma pesquisa realizada com 5 mil pessoas que moram na Região Metropolitana de Natal demonstrou que 89% dos entrevistados se mostraram satisfeitos e 88% se sentiram seguros com a presença dos militares nas ruas.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários