Fora de foco

Publicação: 2019-02-13 00:00:00
A+ A-
Itamar Ciríaco
itamar@tribunadonorte.com.br

A Arena das Dunas vai estar dividida 50% a 50%? O vencedor da partida receberá 60%, 80%, 100% da arrecadação? Em que lado cada torcida vai estar? Quem tem vantagem? Essas são as manchetes, esses são os debates em torno do clássico América x ABC, que definirá o campeão do Primeiro Turno do Campeonato Potiguar (Taça Cidade do Natal). Mas onde estão os craques? Quem deve arrebentar com o jogo? Os dois camisas 10 vão apostar cestas básicas? O que os treinadores estão pensando para surpreender o rival? E os atacantes? Os matadores? Morreram?
Pois é, caro torcedor, o futebol está mesmo fora de foco. Como diria o meu amigo repórter fotográfico, dos melhores que conheço, Alex Régis: “Se você compra uma câmera profissional não pode usar o foco automático. Se for para fotografar assim, compre qualquer câmera”. Eu completaria: “Use mesmo o celular para 'bater sua chapa'”. Ou seja, se não temos mais o futebol como principal destaque, melhor seria nem jogar futebol.

Não estou dizendo que a discussão do início do texto não precisa ser feita. Claro que sim. É obrigatória, é essencial, mas tudo isso precisa estar definido antes de a bola rolar pela primeira vez para a competição. Será possível que ninguém poderia imaginar que o América poderia decidir o turno, em vantagem, contra o ABC, na Arena das Dunas?

Então, o problema seria de falta de observação dos clubes? Da Federação? Do pastorador de carros da esquina? Não! Não é problema de regulamento é principalmente falta de futebol, de ídolos que encantem, que transformem aqueles assuntos em temas secundários.

Também nos faltam os craques falastrões de antes. Aqueles que falavam sem o media training, que “chutavam o balde”, no bom sentido e, às vezes até no mau sentido mesmo.

Desconheço quem esteja na esquina comparando os camisas 10 de ABC e América. Na realidade, até ouço, apesar de não concordar com terra arrasada, um breve debate sobre quem pode chegar menos ruim para essa decisão.

Acho que dá para ser mais otimista, mas os clubes precisam ajudar mais. Reconheço a crise financeira, sei do esforço e do desgaste que alguns dirigentes passam para conduzir seus clubes de coração. No entanto, como torcedor do bom futebol, admirador da fantasia que representa um clássico do tamanho de América x ABC, fico sempre à espera de algo mais.

E, por favor, não acabem com os sonhos dos românticos dizendo que esse futebol morreu. Nunca morrerá! O que pode acontecer é que a gente desista do futebol, entretanto, me recuso a deixar para trás as coisas que amo e, entre tantas, está o FUTEBOL.

Ingressos
A venda de ingressos para a decisão do Primeiro Turno do Campeonato Potiguar terá início já nesta quinta-feira (14). Os preços iniciais terão promoção de R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia-entrada, de forma antecipada. O América, mandante do jogo, informa que na terça-feira (19) os ingressos passarão para o preço normal de R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia.

Maratona
O técnico do ABC, Ranielle Ribeiro tem razão quando cita a maratona de jogos do Alvinegro como um empecilho para a manutenção do rendimento da equipe. Essa semana não será diferente. Hoje o ABC entra em campo contra o Galvez/AC, na Arena da Floresta, em Rio Branco no ACRE. São 4 mil km de distância entre Natal e a capital acreana, isso se você fosse num vôo em linha reta. No entanto, na melhor rota, que pesquisei, a viagem precisa fazer duas escalas, aumentando e muito esse tempo de vôo que chega próximo de 12h em algumas situações. Além disso, o clima na região Norte possui uma característica muito peculiar. A umidade elevadíssima faz com que o calor seja sufocante, mesmo à noite para quem não está acostumado. Surgem as câimbras e o desgaste físico é bem maior. Além disso, o alvinegro entra em campo pressionado, pelos últimos resultados ruins e pela necessidade de faturar o prêmio de R$ 600 mil para avançar de fase na Copa do Brasil. Se não bastasse isso, a equipe abecedista terá que voltar à capital e jogar sábado, pela Copa do Nordeste, contra o CRB. Na sequência, encerrando a maratona, o time terá a decisão, contra o maior rival, na casa do adversário e precisando vencer. Não tá fácil a vida para o ABC!

Universitários
A Federação Norteriograndense do Desporto Universitário (FNDU) abre o calendário de eventos de 2019 com os Jogos Universitários, os JURN’s, que serão disputados de 21 a 24 de fevereiro em Natal. As disputas se iniciam com os JURN’s de Praia masculino e feminino, nas modalidades futebol de areia, futevôlei, handebol de areia e voleibol de praia. As inscrições iniciaram esta semana e seguem até a próxima sexta-feira (15). Mais informações pelo fndu@hotmail.com , 99401-4504 ou 99600-2820

Treinador
Renato Teixeira, filho de Ferdinando Teixeira, assumiu o ASSU, no lugar de Júlio Terceiro. Será a primeira experiência de Teixeira num clube profissional.








Deixe seu comentário!

Comentários