Ford celebra o Dia do Mustang

Publicação: 2017-04-21 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Fernando Siqueira

A Ford Motor Company celebra o "Dia do Mustang" como marco da primeira venda do modelo em 17 de abril de 1964, em Nova York, nos Estados Unidos. E, para comemorar a data, lançou um presente para os fãs do ÍCONE em todo o mundo: um "ringtone" com o ronco do modelo 2018, que pode ser baixado gratuitamente neste link: social.ford.com/.../you.need-this-free-mustang-ringstone.

A atração permite usar o som poderoso do motor V8 em aparelhos Android ou iPhone.  O "mimo" vem com uma reprodução do rugido do novo sistema de válvula ativa de escapamento, que torna o toque do celular mais divertido até nas chamadas indesejadas. Para captar o som, os engenheiros da Ford instalaram microfones em um Mustang 2018 com a válvula ativa de escapamento no modo "Pista", acelerando até 249 km/h. Essa opção é a que faz o carro liberar sua potência sonora máxima.

Oferecida no Mustang GT V8, a válvula ativa de escapamento permite ao motorista selecionar quatro modos de som, que vão de um ronronar discreto a um rugido empolgante. O sistema usa válvulas ativas para criar uma variedade infinita de sons usando a configuração do escapamento, a rotação do motor e a velocidade do veículo, além de silenciadores mais largos e ressonadores especiais.

"O sistema de escapamento com válvula ativa dá ao motorista uma experiência sonora que complementa o prazer de dirigir o Mustang. É uma sensação que você pode sentir e ouvir", explica Carl Widmann, engenheiro-chefe do Mustang.

Na data de 17 de abril se comemora o "Dia Nacional do Mustang" nos Estados Unidos, uma homenagem ao lançamento do carro que marcou a "Feira Mundial de Nova York", em 1964. Henry Ford II, Lee Iacocca, responsável pelo projeto, e toda a equipe da Ford participaram do evento, realizado simultaneamente à apresentação do Mustang em todos os distribuidores do país. Sucesso imediato, foram vendidas, de cara, 22.000 unidades.

Vale salientar, que no primeiro ano de mercado, o Mustang somou 400.000 unidades e deu origem à categoria "pony car" nos Estados Unidos. Agora, como modelo global, amplia a sua fama como ícone da indústria automotiva mundial.

Renault reedita Duster Dakar

A Renault do Brasil apresenta, mais uma vez, a edição do Duster Dakar, denominada "Dakar II", reedição da lançada em 2015. Inspirada no famoso rallye que percorre regiões inóspitas da América do Sul, a série pode ter os motores de 1,6 e 2,0 litros e tração dianteira ou integral. Entre os detalhes próprios estão rodas de 16 polegadas pretas com face usinada, adesivo com a inscrição "Dakar Spirit" e o emblema do rallye. Os acessórios da linha Outsider, com alargador de para-lamas e protetor frontal com faróis adicionais, podem ser acrescentados.

O interior do "Dakar II" traz painel em dois tons, encostos de cabeça e volante com emblemas Dakar e bancos com novas forrações. O conteúdo de série inclui sistema de áudio e navegação com tela de 7 polegadas e informações de trânsito em tempo real, ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, controlador e limitador de velocidade, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina e câmera traseira de manobras.

O motor 1,6 é o novo SCE, de origem Nissan, com potência de 118 cavalos com gasolina e 120 com álcool e caixa manual de 5 velocidades. O 2,0 litros (143/148 cavalos de potência) pode ser combinado a caixa automática de 4 marchas e tração dianteira ou, na versão 4WD, caixa manual de 6 marchas e tração nas quatro rodas. Os preços são: 1,6 manual: R$ 74.090,00; 2,0 automático: R$ 85.670,00; 2,0 4WD manual, R$ 87.220,00.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários