Ford Maverick marcou época

Publicação: 2018-01-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Lançado nos Estados Unidos em 1969 com motor dianteiro e tração traseira, o Maverivk, cupê de estilo agressivo,  chegou ao Brasil em 1973 e se tornou uma lenda num mercado carente de modelos esportivos. Por isso, merece ser relembrado no #TBT ("Throwback Thursday").  Ocupando o lugar entre o compacto Corcel e o Galaxie, topo de linha, o Maverick, inicialmente, foi equipado com motor de 6 cilindros e 112 cavalos de potência.

O Maverick tem inúmeros fãs, design arrojado e muito carisma. Por isso se tornou um clássico
O Maverick tem inúmeros fãs, design arrojado e muito ''carisma''. Por isso se tornou um clássico

No ano de seu lançamento, o Maverick mostrou sua força no "Raid da Integração Nacional", que rodou 17.000 kms em apenas 24 dias, do Chuí até Brasília. O objetivo do projeto era interligar todas as Capitais do Brasil da época, percorrendo centenas de cidades do Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste. Hoje, é difícil imaginar as dificuldades enfrentadas no caminho, principalmente nas estradas de terra de regiões, como as do Pantanal e da Floresta Amazônica.

Logo o Maverick ganhou a versão "GT" com motor V8  de 197 cavalos de potência, um autêntico bólido, que reforçou a sua imagem esportiva. Essa característica fez com que o carro se destacasse também no cinema, com o filme nacional "O Vigilante Rodoviário", de 1978.

Com a crise do petróleo, a economia de combustível virou prioridade em relação à potência e a linha introduziu o motor 2.3 com comando de válvulas no cabeçote e 99 cavalos de potência. Por sua robustez e aerodinâmica, o Maverick também foi muito usado em competições esportivas com preparação especial. Até o fim da sua produção no País, em 1979, foram vendidas 108.106 unidades.

Hoje, um Maverick custa em torno de R$ 100.000,00.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários