Fred fica fora do primeiro treino na Rússia

Publicação: 2018-06-13 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O meia Fred foi a baixa da seleção brasileira ontem, no primeiro treino realizado pela equipe em Sochi, na Rússia, cidade escolhida pela CBF para ser o local de preparação para a Copa do Mundo. O jogador recém-contratado pelo Manchester United da Inglaterra, se recupera de um problema no tornozelo direito. Ele permaneceu em tratamento no hotel e não pôde se juntar aos demais companheiros.

A lesão sofrida na semana passada, ainda em Londres, preocupa a comissão técnica. Fred sentiu o problema depois de uma dividida com Casemiro em um dos treinos no CT do Tottenham. Desde então, o meia ficou afastado dos trabalhos e perdeu inclusive o amistoso do último domingo contra a Áustria, em Viena. A presença dele para a estreia da equipe na Copa, no domingo, contra a Suíça, ainda é incerta.

Fred chegou a atuar por alguns minutos no amistoso do Brasil com a Croácia, em Liverpool, antes de virar baixa pelo problema de lesão. A comissão técnica não tem uma previsão de quando o jogador estará liberado para voltar a treinar, mas o departamento médico tem trabalhado de forma intensiva para conseguir recuperá-lo a tempo da primeira partida da equipe na Copa do Mundo.

A preparação da seleção para a Copa tem sido marcada por problemas com lesões. O lateral Fagner, o meia Renato Augusto e o atacante Douglas Costa foram outros jogadores a terem passado por alguma atenção especial dos médicos durante o período de treinos, iniciado em 21 de maio. Esses nomes, no entanto, estão recuperados e já trabalharam normalmente com o grupo na atividade desta terça, em Sochi.

“A Copa começou já faz um tempo. Estamos nos preparando forte e mostrando que estamos prontos”, disse Geromel.

O zagueiro, ao lado de Douglas Costa, Fagner e Renato Augusto, formou o time de colete que enfrentou Filipe Luís, Marquinhos, Taison e Roberto Firmino em treinamento para aprimorar a velocidade dos passes diante de uma marcação sob pressão. Fernandinho fez o papel de jogador coringa, podendo participar das ações nas duas equipes.

Em seguida, esse grupo trabalhou jogadas de ataque contra defesa, com os goleiros se revezando na tentativa de parar os ataques construídos por Douglas Costa, Taison, Firmino, Fernandinho e Renato Augusto. 


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários