Natal
Funcionários do Itep pedem segurança para fazer contagem de mortos
Publicado: 07:41:00 - 15/01/2017 Atualizado: 08:50:15 - 15/01/2017
Os funcionários do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) farão a perícia dentro do presídio de Alcaçuz e também a contagem dos corpos deixados durante a rebelião, encerrada na manhã deste domingo (15). Para adentrar a unidade, os profissionais cobram segurança e, inclusive, coletes balísticos.
GGI está reunido desde a noite de sábado

Leia Mais

Após a ação da Polícia Militar e de agentes penitenciários, que controlaram a rebelião na unidade, os detentos estão sendo reagrupados para que o trabalho de revista na unidade seja realizado, além da contagem sobre o número de detentos mortos no confronto entre os presos de facções rivais.

Para adentrar o presídio, os funcionários do Itep solicitaram 10 coletes à prova de bala, já que já relatos de que os presos estão com armas dentro da unidade. Os itens foram viabilizados pelo BPChoque.

Uma coletiva de imprensa será concedida às 10h para tratar da situação na unidade.




Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte