Cookie Consent
Tecnologia
Fundador do Twitter diz confiar em Musk para ‘trazer luz’ à empresa
Publicado: 16:11:00 - 26/04/2022 Atualizado: 16:18:19 - 26/04/2022
Jack Dorsey, um dos fundadores do Twitter, fez uma postagem em seu perfil oficial na rede social agradecendo Elon Musk pela compra da empresa que ele ajudou a criar. Na mensagem, Dorsey ainda se disse feliz com a retomada do Twitter do “poder de Wall Street” e afirmou que confia em Musk para “trazer luz” à rede. 
ALEX REGIS
Operação para compra do Twitter conta com desembolso pessoal da fortuna de Musk e envolvimento de credores e grandes bancos

Operação para compra do Twitter conta com desembolso pessoal da fortuna de Musk e envolvimento de credores e grandes bancos


Dorsey ocupou o cargo de CEO do Twitter até novembro de 2021. Ele foi um dos fundadores da empresa em 2006, ao lado de Biz Stone e Evan Williams. Na última segunda-feira, 25, Elon Musk comprou a rede social por US$ 44 bilhões e agora o Twitter será uma empresa com um único dono, sem ações na Bolsa de Valores como ocorre atualmente. 

Os tweets de Dorsey foram feitos ainda na noite de segunda, e a primeira postagem foi um link para a música “Everything in its right place” (“Tudo no seu lugar certo”, em português), da banda britânica Radiohead. Em seguida, o fundador do Twitter escreveu: “Eu amo o Twitter. O Twitter é a coisa mais próxima que temos de uma consciência global.”

Dorsey afirmou que o Twitter sempre foi “seu único problema” e, também, o seu “maior arrependimento”. “A empresa foi propriedade de Wall Street e do modelo de anúncio. Retomá-lo de Wall Street é o primeiro passo correto”, escreveu.

Em seguida, ele disse acreditar que ninguém deve efetivamente possuir ou administrar o Twitter, e que a rede deve ser encarada como um bem público, não uma empresa. “Para resolver o problema de ser uma empresa, no entanto, a solução singular dada por Elon é a que eu mais confio. Eu confio em sua missão de estender a luz à consciência”. 

“O objetivo de Elon de criar uma plataforma que seja ‘confiável ao máximo e amplamente inclusiva’ é o correto. Este é também o objetivo de Parag Agrawal (atual CEO do Twitter) e o porquê de eu tê-lo escolhido (para a função de CEO, após sua saída da empresa). Obrigado aos dois por tirar a empresa de uma situação impossível. Este é o caminho certo... eu acredito com todo o meu coração”, finalizou Dorsey na postagem.  

 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte