Globo quebra sequência de vitórias do América e fica no empate sem gols

Publicação: 2020-10-31 17:13:00
Não teve vencedor no segundo encontro entre América e Globo dentro do grupo 3 na Série D do Brasileiro. Não foi por falta de oportunidade que o placar não se movimentou na tarde deste sábado, na Arena das Dunas, mas sim pela consistência defensiva das duas equipes e da atuação segura dos goleiros Vítor Paiva e Rodrigo Carvalho. O resultado adiou a classificação matemática americana, que continua isolado na liderança desse grupo, apesar de o clube ter visto sua busca pela sétima vitória consecutiva ser quebrado.

Créditos: Adriano Abreu


Dono da casa, o Alvirrubro tratou de assumir o controle das ações dentro de campo. Nos primeiros minutos de partida, o Globo sequer conseguia passar do meio-campo, as tentativas paravam na marcação sob pressão dos americanos que rondavam sempre com algum perigo a área da equipe de Ceará-Mirim, obrigando o sistema defensivo tricolor a atuar em estado de alerta constante.

As ameaças vinham de bolas cruzadas na área em busca de Wallace Pernambucano e também de chutes arriscados de fora da área que chegaram a passar muito perto como um de Romarinho, que bateu da entrada da área.

Depois de conseguir equilibrar as ações, foram os visitantes que criaram a primeira grande oportunidade, quando Gabriel 
Silva recebeu bem colocado na área e chutou para ver Vítor Paiva fezer uma grande defesa.  No lance seguinte o América também obrigou Rodrigo Carvalho aparecer bem para evitar o pior, numa bola desviada de cabeça por Romarinho.

As equipes não se fechavam, estavam.mais preocupadas em mostrar sua força ofensiva e outros dois momentos, um para cada lado, ocorreram no confronto. Primeiro Beleu resolveu testar a pontaria de fora da área e o goleiro americano se assustou com o rumo da bola, que passou perto ao ângulo direito. Mas novamente a resposta não tardou a vir, Elias recebeu um bom passe na entrada da área, bateu de primeira, mas a bola saiu torta. 

Como se estivessem apurando a pontaria, depois Wallace Pernambucano recebeu bola pela esquerda, avançou em busca da área e arriscou, tirando a bola do alcance do goleiro tricolor, mas vendo ela passar rente a trave. Rondinelly, que voltou a equipe após se recuperar de uma lesão, também teve boa chance dentro da área, mas bateu mal. Logo depois ele voltou a reclamar de dores na coxa e deu lugar a Dione. Embora bem movimentada, a etapa inicial acabou com o placar paralizado. 

No segundo tempo as equipes continuaram se portando de forma ofensiva, buscando abrir vantagem no placar, mas a bola teimava em não entrar. O Globo novamente esteve perto de marcar numa escapada Aurélio, pela direita, ele cruzou, Edson Kapa desviou mas a bola saiu a poucos centímetros do gol alvirrubro.

Com atuações bem seguras, os dois goleiros tratavam de conter tudo que era tipo de ameaça, Fernando teve campo livre para levar o Globo a frente, avançou e tentou surpreender Vítor Paiva arriscando mais uma de fora da área, mas o arqueiro americano fez outra boa defesa.

Sem sentir o gostinho de uma vitória desde a segunda rodada, o Globo partiu para cima. Como não conseguia entrar no sólido sistema defensivo americano, a equipe de Ceará-Mirim arriscava de fora da área e facilitava a vida do goleiro alvirrubro, segurando o jogo sem a abertura de placar, resultado que manteve o América na primeira colocação.

Ficha técnica:
América: Vitor Paiva, André Krobel (Alisson Brand), Edimar, Marcelo e Renan Luís; Felipe Guedes, Romarinho (Dico) e Rondinelly (Dione); Augusto (Luís Eduardo), Wallace Pernambucano e Elias (Thiaguinho). Técnico: Paulinho Kobayashi.

Globo: Rodrigo Carvalho, Leozinho, Gravatá, Marlon e Fernando; Vitor (Álvaro), Allef e Aurélio (Marcelinho); Beleu (Erick Silva), Gabriel Silva e Edson Kapa (Alan James). Técnico: Renatinho Potiguar.

Árbitro: José Ricardo Laranjeira (AL)

Local: Arena das Dunas