Goleada americana entra para história

Publicação: 2020-01-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
No seu primeiro duelo na Arena das Dunas em 2020, o América bateu o ASSU por 7 a 0 domingo (12). O triunfo não só ajuda o clube a saltar na liderança do certame - graças ao saldo de gols, maior que o rival ABC que também tem nove pontos - mas também coloca o duelo entre as maiores goleadas da década em partidas válidas pelo Campeonato Potiguar.

O atacante Wallace Pernambucano comemora o gol após cobrança de penalidade contra o ASSU
O atacante Wallace Pernambucano comemora o gol após cobrança de penalidade contra o ASSU

O placar elástico imposto pelo América sobre o ASSU se une a outros dois duelos que também terminaram em 7 a 0 entre 2011 e 2020, período levado em consideração pela TRIBUNA DO NORTE no levantamento. O primeiro deles foi no dia 25 de janeiro de 2018, quando o ABC bateu o Baraúnas fora de casa pela 3ª rodada da Copa Cidade do Natal. Os gols daquela noite foram marcados por Matheus Matias (3), Jorge Eduardo, Fessin e Wallyson, em duas oportunidades, justamente em sua reestreia pelo ABC naquela que foi sua segunda passagem, que durou até o fim do Estadual daquele ano. Aquele duelo, realizado no Estádio Nogueirão, também foi a maior derrota sofrida pelo clube mossoroense em Campeonatos Estaduais.

O outro foi o segundo que contou com participação do América. No dia 26 de março de 2016, na quarta rodada da Copa Rio Grande do Norte, o Alvirrubro goleou o Palmeira pelo mesmo placar, com gols de Cascata (2), Lúcio Curió (2), Maracás, Brendo e Jefferson. O duelo foi realizado no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, e também chamou atenção pelas atuações de Cascata e Breno, pai e filho que jogaram e marcaram juntos naquela ocasião. Na época o meia Cascata tinha 33 anos e o filho, que entrou na segunda etapa, tinha 19.

Em seu levantamento, a TRIBUNA DO NORTE considerou os placares com 5 ou mais gols de diferença. Entre os duelos com diferença de quatro ou mais gols, o levantamento reuniu pouco mais de 10 goleadas que não foram detalhadas na reportagem. A goleada deste ano ajuda o América a se sobressair na liderança do certame até aqui. Com os mesmos nove pontos do rival ABC, o Alvirrubro sobra no quesito saldo de gols, critério de desempate que coloca o América na ponta. Com 14 gols marcados e apenas dois sofridos, os doze gols de saldo são bem superiores aos cinco obtidos pelo Alvinegro até aqui na competição.

Vale lembrar que, na semana passada, a FNF reagendou o primeiro Clássico Rei do ano para o dia 22 de janeiro após solicitação do América, clube mandante. O duelo será válido pela sexta rodada da competição.

Outro jogo
Na Arena das Dunas, na tarde desta segunda-feira, Santa Cruz e Força e Luz empataram em 1 a 1. O resultado foi ruim para as duas equipes que dão adeus às chances de brigar no primeiro turno.

O público de 128 pagantes, numa renda de R$ 1.500,00 assistiu aos gols de Anthony para o Santa e Felipe Moreira para o Time Elétrico.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários