Goleiro de Curaçao morre após sofrer enfarte na concentração da seleção

Publicação: 2019-09-10 09:29:00 | Comentários: 0
A+ A-
O goleiro reserva da seleção de Curaçao, Jarzinho Pieter, de 31 anos, morreu na noite de segunda-feira ao sofrer um enfarte em hotel em Porto Príncipe, no Haiti, local de concentração da equipe caribenha, que entra em campo nesta terça contra os haitianos, pela Liga das Nações da Concacaf.

Charles Edwing, ministro da Juventude, Esportes e Ação Cívica do Haiti, confirmou o ocorrido em uma postagem no Twitter, com imagens da ambulância que fez o atendimento no hotel.

Titular da seleção de Curaçao, Eloy Room, também fez uma publicação nas redes para se despedir do companheiro. O jogador do Columbus Crew, da Major League Soccer (MLS), dos Estados Unidos, postou um vídeo em uma oração comandada por Jarzinho.

A Federação de Curaçao de Futebol também fez duas postagens sobre Jarzinho Pieter. Em uma delas publicou uma foto da camisa do goleiro de número 22, no vestiário da equipe. Até a noite de segunda-feira, a equipe não havia pedido para ter a sua partida adiada e remarcada para outra data.

Ver essa foto no Instagram

Ku dolor na nos kurason nos ta anunsiá fayesimentu repentino di Jarzinho Pieter, un di nos kipernan ku tabata forma parti di nos selekshon nashonal stimá. Un persona ku ta pusha ku alma i kurpa pa lanta animo den nos selekshon. Ku e pensamentu ariba menshoná kolega hungadonan a reuní i a disidí UNANIMAMENTE ku nan ta hunga kontra Haiti mañan ku Dios ke na nòmber i honor di Jarzinho Pieter. E hungadonan a partisipá e desishon aki na e staff di FFK ku ta na Haiti i e desishon aki i nos a respeté. Despues di e reunion nos a resa gradisí Dios i yama Dios danki pa tur lokual Jarzinho Pieter a nifiká pa nos i pa Kòrsou. Pas na su restunan, forsa na su famia i na henter su pueblo di Kòrsou. Nos ta bai dediká e wega di mañan na su Honor... Jarzinho Pieter, nos ruman stimá, sosegá na pas den reino di Señor.

Uma publicação compartilhada por Curaçao National Football Team (@curacaonationalfootballteam) em


Na semana passada, o capitão do penta Cafu perdeu um filho de 30 anos vítima de um enfarte. Danilo Feliciano estava jogando futebol na casa da família, em Alphaville, na cidade de Barueri (SP), quando teve um mal súbito e foi socorrido, mas não resistiu.

Estadão Conteúdo


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários