Governadora eleita articula espaços para os aliados

Publicação: 2010-12-17 00:00:00 | Comentários: 3
A+ A-
A três dias de anunciar o secretariado, a governadora eleita Rosalba Ciarlini cuida de resolver o xadrez político nos indicados do primeiro escalão. Ela já acomodou  o senador José Agripino Maia, presidente estadual do DEM, em duas secretarias. Mas ainda falta definir os espaços do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) e o destino do deputado federal Rogério Marinho, que foi derrotado no pleito de 2010.

No caso desse último, Rosalba Ciarlini estuda duas alternativas. A primeira, e preferida de Marinho, seria nomear o deputado federal Betinho Rosado (DEM) para a Secretaria Estadual de Agricultura e, com isso, o tucano assumiria a vaga na Câmara dos Deputados.

A outra opção para acomodar o líder do PSDB seria nomeá-lo para a Secretaria Estadual de Educação. No entanto, essa parece ser a alternativa menos provável. Rosalba Ciarlini deverá nomear o cunhado para a Secretaria de Agricultura e abrir espaço para Rogério Marinho retornar a bancada federal.

A outra definição política do secretariado da governadora Rosalba Ciarlini é com relação ao senador Garibaldi Alves Filho (PMDB). O cotado era Jaime Mariz, que foi secretário no Governo de Garibaldi; ele iria para Secretaria de Saúde, mas preferiu seguir para Brasília, onde assumirá cargo no Ministério da Previdência.

Com isso, a indicação de Garibaldi Filho ainda está sendo definida, mas é certo que não será mais para Saúde. O único pedido feito pelo senador peemedebista é que deseja uma pasta com poder de decisão.

Nas últimas horas a governadora eleita Rosalba Ciarlini fez uma mudança na lista. Ela conseguiu convencer o advogado Paulo de Tarso Fernandes, que vinha atuando como consultor da formação do próprio secretariado, a ocupar a chefia da Casa Civil.

Com isso, o engenheiro Obery Rodrigues, que iria para o cargo, deverá ser acomodado em outra função de primeiro escalão.

Já para educação, Rosalba Ciarlini estuda uma lista de nomes sugeridos pelo reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ivonildo Rego. A ideia inicial da governadora era colocar o próprio reitor no cargo, mas ele não aceitou, respondeu ao convite afirmando que preferia terminar a gestão na UFRN, mandato que encerrará no mês de maio.

A lista de sugestões de Ivonildo Rego contempla vários professores da UFRN, inclusive algumas com passagem pela Comissão Permanente do Vestibular.

O nome do titular para Secretaria de Turismo tem algumas sondagens. Representantes do trade apresentaram a governadora as sugestões de Francisco Soares Júnior, que foi secretário municipal de Turismo na gestão Micarla de Sousa, e de Sandro Pacheco, atual secretário adjunto de Turismo da Prefeitura de Natal.

Entre esses dois, o nome de Soares Júnior está em vantagem, mas não será surpresa se Rosalba Ciarlini apresentar outra alternativa para ser titular do Turismo.

Entre todas as Secretarias, a governadora eleita já definiu que três serão indicações técnicas: Saúde, onde deverá ser nomeada Ana Tânia Sampaio; Educação e Segurança.

Consultoria deverá ser mantida

A governadora eleita Rosalba Ciarlini poderá “abortar” um projeto que foi enviado pela gestão Iberê Ferreira e ainda não votado na Assembleia Legislativa. A futura chefe do Executivo pretende manter na estrutura a Consultoria Geral do Estado.

Aos mais próximos a governadora vem afirmando que a pasta é importante para dar o norte jurídico as decisões. Um dos nomes cotados para assumir a Consultoria é o procurador do Estado Miguel Josino.

Já para Procurador Geral do Estado um dos cotados é o procurador Francisco Nunes. Ele seria uma indicação pessoal da governadora eleita Rosalba Ciarlini. No entanto, a próxima chefe do Executivo ainda não fechou consenso em torno do nome de Nunes.

Para a pasta de Desenvolvimento Econômico está confirmado o nome de Benito Gama, ex-deputado federal da Bahia. O político do PTB já vem atuando com a governadora eleita, inclusive participando de reuniões com grupos de investidores.

Gama é aguardado hoje no Rio Grande do Norte. Ele articula a chegada de um novo grupo estrangeiro no Estado. Aliás, a afinidade da governadora com o novo auxiliar é tanta que ontem ele estava no plenário do Senado assistindo ao pronunciamento de Rosalba Ciarlini.

Outro nome certo entre os auxiliares de primeiro escalão é o do vice-governador Robinson Faria. Ele poderá ser acomodado na Secretaria de Recursos Hídricos ou de Ação Social.

Comissão do PT decide punir prefeito

A Comissão de Ética do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte aprovou o pedido de expulsão do prefeito da cidade Antônio Martins (distante 357   quilômetros de Natal), Edmilson Fernandes. No pleito de 2010 ele declarou apoio a então candidata ao Governo Rosalba Ciarlini (DEM), que terminou vencendo a eleição.

Além do prefeito, outros cinco vereadores filiados ao PT e da mesma cidade também poderão ser expulsos pelo mesmo motivo. Após a aprovação do pedido de expulsão na Comissão de Ética a última etapa do processo é a votação na plenária da executiva estadual.

“Se a plenária aprovar a expulsão do prefeito e dos vereadores, nesse caso eles deixam o partido e o PT pedirá o mandato de cada um”, disse o secretário de Organização do PT, Rildo Santos. O diretório estadual do PT pedirá na Justiça o mandato de cada um justificando a lei da fidelidade partidária.

A defesa do prefeito, apresentada a Comissão de Ética, complicou ainda mais a situação do gestor junto ao PT. “Na defesa ele disse que havia apoiado Rosalba Ciarlini (que disputou o Governo pelo DEM), os senadores Garibaldi Filho (PMDB) e José Agripino (DEM) e ainda os deputados federais Henrique Alves (PMDB) e Betinho Rosado (DEM). Não precisamos nem arrolar as testemunhas porque ele já confirmou tudo”, comentou Rildo Santos, destacando que a justificativa do prefeito para apoiar candidatos do DEM foi “questões municipais”.

Uma das provas do processo é o documento chamado “Nota a população de Antônio Martins”, onde estão citados os “candidatos do prefeito” e a nota é assinada pelos cinco vereadores do PT: Francisco de Oliveira Filho, Evaristo Venceslau Batista Filho, Francisco Olímpio Neto, Francisco Reginaldo de Oliveira e José Roberto de Oliveira. A reunião do diretório estadual do PT será amanhã, às 9h.

exonerado

A 15 dias de deixar o cargo, Iberê Ferreira ainda muda a equipe de primeiro escalão. Alterações com a única preocupação de não deixar as pastas sem titulares.

O empresário Múcio Sá foi exonerado da titularidade da Secretaria Estadual de Turismo. No lugar dele assume Fernando Fernandes, que passa a acumular essa função e a de secretário Especial da Copa.

Informações extraoficiais apontam que a saída de Múcio foi motivada pelo fato dele ter autorizado a ordem de pagamento para empresa Stadia Projetos, que receberia R$ 4 milhões por ter feito o projeto básico do estádio Arena das Dunas. A TRIBUNA DO NORTE procurou o secretário, através do seu telefone celular, mas estava desligado.

Com Fernando Fernandes acumulando o Turismo e a Copa, a Secretaria de Esportes, que ele também respondia, passa a ter como titular Tiago Cavalcanti, que era secretário adjunto da pasta.

As mudanças no secretariado de Iberê Ferreira terão pouco reflexo nesse final de administração. Afinal, a aguardada licitação para o projeto da Copa do Mundo de 2014 em Natal deverá sair mesmo só no próximo ano.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • solangeleg

    Se a nova GOVERNAD. fizer diminuição de custos:cortar cargos comissionados e tbm ñ CRIAR outros cargos comissionados...olhar direitinho essa FOLHA de PAGAMENTO do estado(pto central de tudo)q/ é óbvio q/ ela deve saber q/a improbidade é enorme, a corrupção é grande c/ funcionários fantasmas e sem exercer funções qualificadas; aliás, NENHUMA FUNÇÃO(vivem como objetos a vagar pelas repartições públicas) enfim, se ela esquecer q/ é politica , esquecer os malditos acôrdos ,se ela for uma administradora altamente técnica e ética, assim poderá ser boa governadora ;até pq ,antes de tudo ,será justa e responsável como profissional q/ é.

  • baimaf

    Ridícula a decisão do PT em expulsar do partido o Prefeito de Martins e mais 5 vereadores, quando tem tantos criminosos no alto escalão petista, tem o caso do assassinato do Ex Prefeito Celso Daniel onde está envolvido Antonio Palloci, ZÉ Dirceu e ZÈ Genuíno, o PT em momento algum cogitou a expulsão desse pessoal. Agora porque esses bravos potiguares se posicionaram contra a permanência de quadrilheiros no governo, serão expulsos... Brincadeira...

  • leido

    Alguém acreditou quando ela disse que iria cortar cargos? Ela vai é criar para acomodar tanta gente, afinal são vários anos fora do poder (DEM) e todos querem uma \"boquinha\".