Governo corre para equipar polícias

Publicação: 2014-04-02 00:00:00
Daísa Alves
repórter

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) tem 60 dias para concluir 16 processos de aquisição de equipamentos. O  reaparelhamento servirá ao efetivo das polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros, em prol da Copa do Mundo. Os processos são referentes a contrapartida do governo estadual nos investimentos em segurança, um total de R$ 37 milhões, garantidos na Matriz de Responsabilidades, assinada pelo Governo do Estado com a União.
Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo esteve em Natal reunido com a governadora Rosalba Ciarlini e a cúpula de Segurança Pública
Segundo o titular das Sesed, general Eliéser Girão, os processos estão em fase de compra, alguns por licitação, outros em sistema de registro de preço – compra em conjunto com órgãos de outros estados. Apenas um dos 16 processos para compra de equipamentos já foi concluído. Cerca de mil dos 5.500 radiocomunicadores portáteis chegaram à Sesed, no valor de R$ 6,6 milhões empenhado em fevereiro deste ano. Os demais rádios estão encaminhados por lote. Os demais equipamentos deverão ser obtidos até a Copa do Mundo, porém, sem data definida para chegada, informa. Segundo o registro dos processos, a maior parte, dez deles, foi dada entrada em 2013. E ainda, um deles iniciou  em 2012 - a torre de radiocomunicação do Ciosp  e três neste ano corrente.

Além dos radiocomunicadores, veículos de quatro rodas (com e sem compartimento prisão), motocicletas, pistolas automáticas, fuzis de precisão, coletes refletivos e balísticos, algemas, capacetes para controle de distúrbios civis e  torre de radiocomunicação para o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), escudos e capacetes para o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) estão listados para compra  (veja quadro).

saiba mais

Outros equipamentos, porém, foram garantidos por recursos de iniciativa única do governo federal. No entanto, o secretário não soube precisar todos. Ele recordou o recebimento de sete câmeras frigorificas para o  Instituto Técnico-Científico de Polícia do RN (Itep), com capacidade para sete corpos cada; a aquisição de botes infláveis para o Corpo de Bombeiros; e as centrais de controle móvel, vinculadas ao Ciosp. “Até o final do ano queremos adquirir jet-skys”, informa. “Nossa preparação não é somente para a Copa do Mundo, mas para segurança e tranquilidade da população no seu dia a dia”, afirma o secretário.

Segundo fonte ligada a Sesed, as 70 câmeras de vigilância recebidas para cobertura da área no entorno da Arena das Dunas, que serão integralizadas ao Ciosp, chegaram e estão autorizadas para uso, inclusive com contrato assinado com a empresa responsável. No entanto, o maior entrave é a obra de mobilidade na região que impede a definição dos locais de instalação. Não há previsão para instalação.

O andamento das aquisições foi relatado ontem, durante reunião na Escola do Governo, com presença do Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, e  da  secretária  Nacional  de  Segurança  Pública, Regina  Miki.