Governo do Paraná planeja toque de recolher

Publicação: 2020-12-02 00:00:00
O governo do Paraná deve publicar um novo decreto restritivo para impor, entre outras medidas, toque de recolher noturno na região leste do Estado. É uma tentativa de resposta à escalada de casos de covid-19 que sobrecarrega o sistema integrado de saúde de Curitiba, região metropolitana e litoral. A Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba disse na segunda-feira, 30, que já havia fila de espera por UTI de 50 pacientes. O Estado admite dificuldades, mas nega haver falta de atendimento médico. 

Diante do pior momento da pandemia desde março, a Secretaria de Estado da Saúde se apressa para reabrir as vagas de UTI e de enfermaria, fechadas após o pico da doença registrado entre julho e agosto. Até meados de dezembro, o Paraná voltará a contar com 1.130 leitos exclusivos de UTI para a doença. 

Hoje, os 1.041 leitos apresentam taxa média de ocupação de 84%. Na região leste do Paraná, onde vive quase metade da população, a ocupação era de 93% na segunda-feira.



Leia também: