Governo garante obra dos acessos

Publicação: 2013-12-21 00:00:00 | Comentários: 2
A+ A-
Daísa Alves
Repórter

Mesmo sem a liberação do recurso financiado pela Caixa Econômica Federal, o Governo do Estado garante a continuidade das obras dos acessos ao Aeroporto Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, e assegura que utilizará recursos próprios para andamento do serviço. Com equipamento  orçado em R$ 73 milhões, o Governo ainda aguarda a liberação desse orçamento financiado junto ao Fundo de Garantia da Caixa. Os entraves burocráticos colocariam em risco o andamento das construções.
demis roussosEIT está mantendo três frentes de trabalho na execução do serviço, com mais de 150 trabalhadores. Governo anunciou que conclusão do trecho norte está previsto para março e do sul para maio de 2014EIT está mantendo três frentes de trabalho na execução do serviço, com mais de 150 trabalhadores. Governo anunciou que conclusão do trecho norte está previsto para março e do sul para maio de 2014

O serviço está sob a responsabilidade da EIT Engenharia,  segunda colocada na licitação realizada em 2009. A empresa confirma atraso no repasse do recurso financeiro, mas está operando na garantia do pagamento.

O contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal foi assinado em 1° de abril de 2013 e as obras iniciadas em agosto. Apesar de firmado o financiamento, não se fez uso dele ainda. A governadora Rosalba Ciarlini revela que tem tido problemas com a União para liberação do uso do recurso.

“Falta só um detalhe, do Tesouro da União assinar. Já fui várias vezes pedir essa liberação”, explica. Para evitar a paralisação das obras, o serviço  poderá receber dinheiro estadual. “Temos recursos em caixa para podermos dar a garantia da construção dessas pistas”. Ela estima que seriam necessários R$ 7 milhões como insumo para a obra.

O projeto de acesso em malha viária ao Aeroporto Internacional prevê a construção de 33,7 quilômetros de estrada duplicada, ligando o aeroporto à BR-406 pelo acesso norte e às BRs 304 e 226 pelo acesso sul. O diretor do Departamento de Estradas e Rodagem, Demétrio Torres, assegura que o atraso do repasse não mudou o ritmo e avanço nas obras, e os prazos estão garantidos. O prazo de conclusão do trecho norte será em março e o sul em maio, de 2014. Ontem a noite, após às 20h30, a assessoria de imprensa da governadora divulgou a informação de que o Tesouro Nacional havia garantido a liberação dos recursos e, hoje, o ato seria publicado no Diário Oficial da União.

Três frentes de trabalho executam o serviço, com mais de 150 trabalhadores. Em alguns trechos, já se percebe o avanço da fase de terraplenagem. Na via de acesso norte, no trecho próximo ao aeroporto, 800 metros de estrada foram imprimados, ação conhecida como colocação de “piche”, que serve como preparação para o asfaltamento. Falta mais 1,2 km para conclusão desse trecho em serviço. A intensificação do serviço hoje é no trecho norte. Nos demais percursos, incluindo o acesso sul, a empresa opera em terraplenagem e desmatamento. Entre equipamentos de nível pesado e leve está em torno de 30. Oito tratores de esteira, equipamento mais pesado. De mais leve, grades, motores bomba, entre outros.

O atraso não modifica o acordo entre empresa e poder público. Dorian Carlos, diretor regional da EIT Engenharia, estima que falte  o pagamento parcelado em torno de R$ 4 milhões. Ele disse que o Governo entrou em contato afirmando fazer o pagamento na próxima semana. Questionado se o descumprimento atrapalharia no andamento futuro das obras ele nega a possibilidade.  “Nosso raciocínio é que vamos trabalhar e que vamos receber”, diz.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • wnddo

    eu quero é que esse governo pague as minhas diárias operacionais que até agora nada (OBS:ESTÃO ATRASADOS DESDE FEVEREIRO DE 2013 E ATÉ AGORA SÓ PROMESSA DE PAGAMENTO),AS DIÁRIAS DA PM E BOMBEIROS PEDIMOS APENAS QUE PAGUEM O QUE É NOSSO POR DIREITO.

  • pjcgurgel

    Aonde estão os políticos deste estado,só faltava essa,não ter liberação de recursos para a estrada e liberaram para financiar Corintias,Flamengo ,Crbbbbbbb.Avaíiíí........