Governo irá renovar emergência

Publicação: 2019-02-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O decreto de situação de emergência por causa da seca vai ser renovado mais uma vez pelo Governo do Estado. A decisão ocorreu na tarde da última quarta-feira, 6, depois de uma reunião do Gabinete Civil com os órgãos de gestão hídrica, como a Caern e o Instituto de Gestão das Águas (Igarn), e a Defesa Civil. Se trata do 13º decreto consecutivo, com seis meses de duração. A renovação acontece no dia 12 de março, um dia depois do decreto em vigor chegar ao fim. Permanecem em emergência as 147 cidades do atual documento.

O Governo do Estado levou em consideração para embasar o novo decreto as análises técnicas que envolvem o abastecimento de água humano, os prejuízos econômicos da pecuária e agricultura causados pela falta d'água, a previsão climatológica e o nível dos reservatórios estaduais. Segundo o tenente-coronel Marcos Carvalho, coordenador da Defesa Civil do Estado, essas análises são feitas com bases nos últimos seis meses e não com previsões – que são positivas em relação ao volume de chuvas.

O fator primordial para a inclusão das cidades em estado de emergência é o abastecimento humano, realizado pela Caern (Companhia de Águas e Esgotos do RN). Atualmente, cinco cidades estão em colapso hídrico e outras sete em pré-colapso. “Esse é o fator preponderante na hora de se decidir quais cidades estarão no decreto e quais não estarão”, disse Marcos. “O que a gente observou é que a situação tanto das que estão quanto das que não estão é muito parecida com a de seis meses atrás, quando a última renovação foi feita”, explicou.








continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários