Governo vai investir 32 milhões

Publicação: 2011-02-09 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ogoverno do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC), em parceria com o FNDE e a com as prefeituras, vai investir R$ 32,2 milhões no transporte escolar este ano. Os recursos são destinados ao transporte dos alunos da rede estadual de educação da zona rural para as escolas da zona urbana em todas as regiões do estado. Nesse sentido, a SEEC está convocando todos os prefeitos do estado para aderirem ao Petern (Programa Estadual de Transporte Escolar Rural do RN). 

O programa vai repassar os recursos para as prefeituras de forma mais célere obedecendo aos princípios da legalidade e da eficiência na administração pública, expressos na constituição. O objetivo da SEEC é agilizar o processo para que possa cumprir os 200 dias letivos conforme o calendário escolar 2011. De acordo com Betânia Ramalho, secretáaria de Educação, o programa pretende implantar um regime de colaboração entre as prefeituras e o governo do estado. “A intenção é assegurar o transporte de forma eficiente. Para isso, nós precisamos que os prefeitos, de todos os municípios, compareçam e façam a adesão ao programa”., afirmou.

Os recursos para o investimento são oriundos do governo do estado e do governo federal sem contrapartida financeira das prefeituras. O Estado está investindo R$ 24.799.396,00 milhões constituindo um valor de 2 reais por aluno, recursos provenientes da cota parte do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). O governo federal está investindo 60 centavos per capita, totalizando R$ 7.463.280,00 milhões, provenientes do Programa Nacional de Transporte Escolar (PNATE) por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).         

A participação das prefeituras no programa consiste em administrar e aplicar os recursos, que serão repassados para contas específicas municipais, para utilização em alocação de veículos, manutenção, aquisição de combustível etc. Os recursos provenientes do governo do estrado serão repassados em 5 parcelas. Já os do PNATE serão repassados diretamente as prefeituras, mas com expressa autorização do governo do estado.

Para formalizar os processos, a SEEC está realizando uma ampla mobilização no sentido de solicitar a presença dos prefeitos municipais, no período de 08 a 11/02, para assinar a adesão ao programa. Os prefeitos devem procurar o órgão central da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, bloco I, 1º andar – Setor 2.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários