Hedson Costa: “Comprar acima daquilo que pode pagar pode causar problemas”

Publicação: 2019-11-10 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Bate-papo: Hedson Costa  -  Professor da Escola de Gestão da UnP

Quais são os riscos que uma mega promoção como a Black Friday pode oferecer aos consumidores?
É bom não ir com muita “sede às compras”, pois há vários riscos que os consumidores estão sujeitos. O mais comum são os chamados “descontos fictícios”: as lojas sobem o preço da etiqueta e oferecem um desconto na Black Friday, mas na verdade ela está cobrando o preço normal que já vinha praticando para aquele produto antes da promoção. Tem também o perigo de se cair em ofertas enganosas em sites falsos. Temos visto que, ano a ano, cresce o volume de vendas pela internet. Assim, é mais seguro comprar em sites de lojas que o consumidor já comprou antes e obteve uma boa experiência, ou em sites de empresas que sejam conhecidas nacionalmente.

E o orçamentário?
Outro risco está ligado diretamente à atitude do consumidor, que é o risco de se endividar acima do limite que sua renda permite pagar. Comprar acima daquilo que pode pagar pode causar problemas no futuro, como ter de cortar despesas do lar ou vir a ter o nome negativado no mercado.

 Como o senhor aconselharia um consumidor a adquirir os produtos? À vista ou a prazo e por quais motivos?

Comprar à vista é, quase sempre, a melhor opção, porque você evita endividamento, deixa de pagar juros e ainda tem condições de pechinchar aquele “desconto especial”. Eu digo “quase sempre”, porque temos um novo cenário econômico no País, onde os juros da economia estão em seu nível mais baixo na história recente do Brasil. Assim, se for uma boa oportunidade para adquirir o produto e as condições a prazo forem favoráveis, já refletindo a queda dos juros, também pode ser vantajoso aproveitar a oferta desse período, comprando para pagamento a prazo, desde que a parcela caiba dentro do orçamento mensal dessa pessoa.

É prudente antecipar as compras programadas para o período natalino para a Black Friday, por quê?

Na verdade, o perfil de compras na Black Friday é um pouco diferente das compras natalinas. Na Black Friday, os produtos mais procurados são smartphones, produtos eletroeletrônicos e de informática. São produtos que custam um preço considerado elevado. No Natal, temos as compras para as festas de fim de ano e os presentes para amigos e familiares. As lojas têm uma estratégia de vendas definida para esses dois períodos. Agora, se na Black Friday o consumidor identificou uma boa oportunidade para comprar um produto que ele necessita, não há porque esperar para depois. Antecipa a compra agora e quando o Natal chegar, é preciso ter consciência de que as compras já foram feitas e não se deixar levar pelo apelo sedutor das novas ofertas de Natal.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários