Hibiscus põe o toque baiano na cozinha contemporânea

Publicação: 2017-11-24 00:04:00 | Comentários: 0
A+ A-
Após mais uma edição recente de seu badalado festival de cinema, muita gente também descobriu que a gastronomia de São Miguel do Gostoso também pode ser cinematográfica. O restaurante Hibiscus, que em 2018 vai completar nove anos de estrada, dispõe de um roteiro que daria um filme com final feliz. E tudo começou com um passeio e as expectativas do casal Robson de Souza e Marcileide Dias.

Mini -acarajés fazem a alegria dos fãs desta cozinhatão peculiar
Mini -acarajés fazem a alegria dos fãs desta cozinha tão peculiar

Quando o casal chegou a Gostoso, como turistas em 2008, o cenário era bem diferente de hoje. “Havia creperias e pizzarias, e quase nada de restaurantes a la carte, além daqueles existentes nos hotéis e pousadas. Sentimos que ali a gente poderia iniciar nosso próprio negócio”, conta Robson, que na época trabalhava num restaurante na Bahia. Voltaram de vez e em julho de 2009 abriram o Hibiscus.

“O Hibiscus no começo era apenas um barzinho despretensioso, mas que aos poucos foi crescendo e ampliando sua proposta gastronômica”, ressalta Marcileide. Hoje o restaurante conta com um espaço para cerca de 60 pessoas, em meio a um ambiente rústico estilizado com cobertura de palha, luminárias de cipó e outras adquiridas em antiquários, mesas e cadeiras de variados estilos. O clima é aconchegante e refinado.

O cardápio do Hibiscus é uma mistura das referências do chef, dentro de uma proposta contemporânea. A cozinha baiana foi o chamariz inicial, contando com moqueca mista (peixe e camarão), bobó de camarão, e o apreciado mini-acarajé, seis unidades que fazem a alegria dos fãs desse tempero tão típico. Como entradas, destaque para as vieiras na manteiga ao perfume de alecrim, e o polvo à Gostoso (salteado na manteiga de garrafa, nata e alcaparras.

Risoto de espinafre com robalo em crosta de gergelim
Risoto de espinafre com robalo em crosta de gergelim

Entre os pratos principais estão o filé de peixe (badejo) em crosta de gergelim com risoto de espinafre; filé mignon com risoto de funghi e mangas grelhadas; ceviche com frutas e gengibre; filé de peixe grelhado com molho de camarão e purê de batata-doce; filé de peixe recheado com camarão e risoto de ervas; massa negra com frutos do mar (lagosta, camarão, polvo, lula  e mexilhões), entre outros. Como sobremesa, o petit gateau é a guloseima favorita, ao lado do abacaxi grelhado com sorvete.

Agora que São Miguel do Gostoso cresceu e está ainda mais badalada do que era em 2008, Robson conta que sua clientela se ampliou e acompanha as mudanças de estações. “Agora no fim do ano, os turistas estrangeiros serão a maioria por aqui. Mesmo assim, sempre contamos com uma boa clientela de Natal e outras partes do Nordeste, como João Pessoa e Recife”, afirma. Segundo ele, Gostoso tem sido uma alternativa a Pipa para muita gente querendo algo novo ou diferente.

Serviço:
Hibiscus. Rua das Ostras, 289, São Miguel do Gostoso. Aberto de segunda a sábado, só para jantar. Tel.: (84) 3263-4074/99406-4130. 

Localizado na rua das Ostras, Hibiscus tem ambiente acolhedor
Localizado na rua das Ostras, Hibiscus tem ambiente acolhedor


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários