Hora das reformas

Publicação: 2020-02-14 00:00:00
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

A comissão mista da Reforma Tributária a ser instalada é um passo importante. O grupo será composto por 25 deputados e 25 senadores. O número foi definido na reunião de líderes com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia e do Senado, Davi Alcolumbre. Parece que o País acordou para a importância e a necessidade de realizar as reformas, se possível, ainda no primeiro semestre, especialmente a Tributária e a Administrativa. Não é possível mais adiar a resolução de graves entraves ao desenvolvimento econômico e social que ao longo de décadas vem sendo reclamado pela sociedade.

Avaliação
O Governo Federal lança um programa de avaliação dos cargos de alto escalão. Portaria do Ministério da Economia estabelece regras para acompanhar o desempenho dos funcionários que ocupam cargos de alto escalão na administração federal. O projeto-piloto começa em abril. Objetivo é aumentar eficiência da máquina pública. Será que o apadrinhamento vai deixar?

Quitação
Mais de 500 mil pessoas saíram da inadimplência em dezembro, revela a Serasa Experian, com Bancos e Cartões também reduzindo. Foram registrados 63,3 milhões de brasileiros com contas em atraso, o que representa 40,5% da população adulta do país, ante os 63,8 milhões de devedores em novembro do mesmo ano. Com relação a dezembro/18, houve crescimento de 1,3%, a menor variação anual de 2019.

Serviços
De acordo com o IBGE o volume de serviços prestados caiu em dezembro, mas fecha 2019 com alta de 1%. Repete o mesmo desempenho fraco do setor do comércio em 2019, bem próximo da estabilidade. Sem o comércio já estava ruim para crescer, sem os serviços piora ainda mais. Os dois puxam a indústria e o agronegócio, com o aumento da circulação de dinheiro na economia. O resultado elimina parte do avanço de 2,2% acumulado em setembro e outubro, lembrou o IBGE.

Cotações
O Banco Central não atuava no mercado cambial e, talvez por isso, logo no início dos negócios ontem, o dólar renovou o recorde histórico acima de R$ 4,38, após comentários do ministro Paulo Guedes, na quarta-feira quando defendeu um dólar mais alto e juros mais baixos. Antes do meio dia, o dólar recuou abruptamente para R$ 4,32, -0,54%, com oferta extra de US$ 1 bilhão pelo Banco Central. O preço do barril de petróleo voltou a oscilar para baixo.

Expansão do eletrônico
Mais consumo em 2020. O comércio eletrônico deve crescer 18% em 2020 e movimentar R$ 106 bilhões, volume recorde. A estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) é de que o tíquete médio das compras será de R$ 310,00. De acordo com Mauricio Salvador, presidente da ABComm, até o final do ano haverá cerca de 135 mil lojas virtuais ativas no Brasil, a maioria micro e pequenas empresas (PMEs), que abrirão muitas vagas de empregos nas áreas de marketing digital, logística e tecnologia. A previsão da ABComm é que 37% das transações serão feitas via smartphone e que os marketplaces responderão por 38% de todas as vendas.

Em alta
O varejo brasileiro reforça as previsões de um PIB mais próximo de 2% em 2020. A Confederação Nacional do Comércio (CNC) estima crescimento de 5,3% do varejo em 2020. No varejo restrito, que exclui os ramos automotivo e de materiais construção, o indicativo é de alta de 3,5%.

Isenção
O Supremo Tribunal Federal - STF decidiu, por unanimidade, pela imunidade tributária no pagamento da contribuição previdenciária sobre o faturamento das exportações indiretas cursadas via trading companies e empresas comerciais exportadoras, beneficiando  diretamente as pequenas e médias empresas, especialmente do agronegócio.

Chuvas
Previsão de mais chuvas neste fim de semana com a Zona de Convergência Intertropical e a presença ainda de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, em grande parte do Nordeste. Chuvas mais intensas para elevar os níveis dos s reservatórios, ainda não satisfatórios para garantir a travessia de 2020. As chuvas também estão provocando alta dos preços.

Marca
A Lojas Riachuelo assinou novo Contrato de Licença Internacional com a empresa norte-americana Carter’s, sediada em Atlanta, com quem possui parceria comercial desde 2015, através da venda de seus produtos na Riachuelo. Agora passa a operar com exclusividade a marca Carter’s no Brasil pelo prazo inicial de dez anos. A Carter’s é a maior comerciante norte-americana de roupas de marca e produtos correlatos para bebês e crianças.

Premiação
A Cosern ganha mais prêmios. É reconhecida no prêmio Aneel de Qualidade, pelos clientes potiguares, como Melhor Distribuidora do Nordeste entre as empresas com mais de 400 mil clientes. E a terceira Melhor Distribuidora do Nordeste (Categoria Geral). A distribuidora potiguar é controlada pela Neoenergia, como as empresa Celpe (PE) e Coelba (BA).