Hospital de Campanha em São Gonçalo do Amarante é inaugurado

Publicação: 2020-08-09 00:00:00
A+ A-
O Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, colocou em funcionamento um Hospital de Campanha no município com 20 leitos. Eles serão usados para tratamento da Covid-19 e foram instalados no prédio do recém-construído Centro Especializado em Reabilitação (CER), no bairro Novo São Gonçalo, que será habilitado à sua função original após a pandemia. 

Créditos: Assecom SGAHospital de Campanha está montado numa estrutura cedida pelo município de São Gonçalo do Amarante pelos próximos três mesesHospital de Campanha está montado numa estrutura cedida pelo município de São Gonçalo do Amarante pelos próximos três meses


São 16 leitos clínicos e quatro de estabilização que serão regulados pelo Regula RN e custeados pelo município e Estado. O Governo está investindo R$ 3,1 milhões pelo período de três meses, além de R$ 300 mil referente à instalação da rede de gases. Já a Prefeitura é responsável por R$ 1,3 milhão, o que corresponde a 30% dos custos totais do Hospital de Campanha, além da energia elétrica, água e material permanente para o funcionamento da unidade.

“A pandemia não acabou. A taxa de transmissibilidade subiu em São Gonçalo e em outros municípios do RN. Essa parceria institucional simboliza o compromisso que temos com o povo. Se não existe ainda a vacina, não podemos descuidar da assistência médica e das medidas de distanciamento social para garantir que não haja transmissão do vírus e para que o paciente venha a ser tratado com dignidade”, disse Fátima Bezerra em cerimônia virtual de inauguração da unidade hospitalar. 

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, agradeceu a parceria realizada com o Governo do Estado e ressaltou que o município está empenhado em atender à região metropolitana de Natal. “Aqui agradeço a todas as mãos que se somaram conosco, especialmente à governadora e ao secretário Cipriano. Como diz o ditado, a união faz a força, e graças a essa união, hoje temos 40 leitos Covid-19 em nosso município. A doença não terminou e devemos manter a vigilância”, disse.

A viabilização desse hospital foi possível graças ao TAC – Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre Governo do Estado, Prefeitura de São Gonçalo e Ministério Público. O município ficou responsável por fazer a gestão do hospital de campanha e providenciar a contratação de recursos humanos, fornecimento de serviços, compra de equipamentos e mobiliários hospitalar, insumos, medicamentos e materiais necessários para a implantação e custeio dos leitos.

Com a instalação dos novos leitos exclusivos para Covid-19, o Hospital Belarmina Monte será desafogado para melhor atender as demandas em geral.

Veja abaixo quanto o Governo investiu em leitos
Abertura de leitos pela Sesap/RN
226 Clínicos e Estabilização 
303 UTIs 
Total de 529 Leitos 

Por região de saúde:
1ª Região (Agreste) - Total = 11 
5 UTIs | 6 clínicos; 

2ª Região (Oeste) - Total = 137 
71 UTIs | 61 clínicos | 5 estabilização;

3ª Região (Mato Grande) - Total = 22 
 10 UTIs | 10 clínicos | 2 estabilização;

4ª Região (Seridó) - Total = 49 
30 UTIs | 19 clínicos; 

5ª Região (Potengi/Trairi) - Total = 6 
4 clínicos | 2 estabilização; 

6ª Região (Alto Oeste) - Total = 24 | 10 UTIs 
12 clínicos | 2 estabilização;

7ª Região (Metropolitana) - Total = 274  
177 UTIs | 95 clínicos | 2 estabilização;

8ª Região (Vale do Açu) - Total = 6 
4 clínicos | 2 estabilização.
 
Investimentos
Valores Empenhados – R$ 167,7 milhões, sendo:
1 - R$ 111,9 milhões de recursos federais;
2 - R$ 47 milhões de recursos estaduais;
3 - R$ 8,8 milhões de doações.