Hospital Deoclécio Marques retoma cirurgias ortopédicas

Publicação: 2019-11-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Após a interrupção das cirurgias ortopédicas no Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, na última segunda-feira (4), a direção do Hospital afirma, através da Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sesap), que duas equipes cirúrgicas foram restabelecidas na última sexta-feira (8), e as cirurgias ortopédicas foram retomadas no sábado (9).

Após uma semana sem equipes de cirurgia ortopédica, hospital retomou neste fim de semana os procedimentos
Após uma semana sem equipes de cirurgia ortopédica, hospital retomou neste fim de semana os procedimentos

A diretoria do Hospital afirma que os servidores estão trabalhando em escala corrida na evolução dos pacientes internados, “que não sofreram descontinuidade da assistência em momento algum”. Nessa segunda-feira, o Hospital amanheceu com 70 pacientes internados aguardando cirurgias, número que a direção afirma que pretende reduzir ao longo da semana com o restabelecimento das cirurgias.

De acordo com a direção, a paralisação dos médicos vinculados à Coopmed-RN, cooperativa médica que presta serviços ao Governo do Estado, “não foi uma decisão da Sesap-RN nem da direção do hospital, mas o produto inevitável da impossibilidade de renovação do contrato, que já se encontrava em situação de excepcionalidade”.

O contrato com a Coopmed foi encerrado no dia 31 de outubro, e uma equipe de ortopedistas estatutários da Sesap foi designada a prestar os serviços de cirurgia ortopédica na unidade. Atualmente, de acordo com a Sesap, há um processo licitatório em curso para a contratação de uma empresa para realizar os plantões de ortopedia, juntamente com uma chamada pública de contratação para uma empresa responsável pelos procedimentos cirúrgicos. Além disso, a Secretaria destacou que 134 médicos devem ser nomeados, dos quais 42 são ortopedistas.

A direção do Hospital afirma, ainda que “tem traçado alternativas para que os pacientes não sejam penalizados em nenhuma situação”. Além da nomeação dos médicos, o Hospital aguarda a nomeação de 72 servidores aprovados no último concurso, que devem ajudar a recompor as escalas incompletas da unidade. Fundado em 2004, o Deoclécio Marques é um dos braços da rede de ortopedia no Rio Grande do Norte, responsável por cerca de 6 mil cirurgias anuais e 2,5 mil atendimentos ambulatoriais por mês.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários