IATA quer teste para todos

Publicação: 2020-09-26 00:00:00
Antonio Roberto Rocha 
antonioroberto@tribunadonorte.com.br

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) pediu o desenvolvimento e a implementação de testes de Covid-19 rápidos, precisos, de baixo custo, fáceis de usar, escalonáveis e sistemáticos para todos os passageiros, antes do embarque. A IATA trabalhará por meio da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e com as autoridades de saúde na implementação rápida dessa solução.

As viagens internacionais estão 92% abaixo dos níveis de 2019. Mais de meio ano se passou desde que a conectividade global foi paralisada depois que os países fecharam suas fronteiras para lutar contra a Covid-19. Alguns governos reabriram as fronteiras com bastante cautela nos últimos dois meses. Mas é preciso um conjunto de ações cautelares.

"A saída para restaurar a liberdade da mobilidade entre as fronteiras é o teste sistemático de Covid-19 de todos os viajantes antes do embarque. Assim, os governos terão a confiança necessária para abrir suas fronteiras sem modelos de risco complicados com mudanças constantes nas regras de viagens. O teste de todos os passageiros garante às pessoas a liberdade de viajar com confiança. E isso colocará milhões de pessoas de volta ao trabalho", comenta Alexandre de Juniac, diretor geral e CEO da IATA.

Empreenda Natal atende Abrasel e Geoparque
Empresas juniores de todo o Brasil irão se unir para realizar o Empreenda Natal no próximo dia 2. No projeto, empresários juniores irão desenvolver soluções criativas e inovadoras para beneficiar os bares e restaurantes associados à Abrasel RN e as pousadas do Geoparque Seridó. Também prestarão consultorias gratuitas nas áreas de direito, contabilidade, processos de gestão e marketing para empresas de pequeno porte, microempresas e microempreendedores individuais. 

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Rio Grande do Norte (Abrasel/RN) estima que os primeiros três meses da pandemia impactaram o setor de alimentação com a perda de oito mil empregos em Natal, além do fechamento de aproximadamente 400 bares e restaurantes. Pesquisa realizada pela Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) apontou que 84% das empresas de turismo tiveram queda superior a 75% no faturamento, das quais 79% delas eram microempreendedores individuais.

"O intuito do Empreenda Natal é desenvolver e dar suporte ao empreendedorismo local. Apesar de se chamar Empreenda Natal, seu impacto deve alcançar não apenas a capital, mas boa parte do Rio Grande do Norte, auxiliando os negócios durante a retomada da economia a partir da conexão entre os empresários juniores e os empreendedores locais", explica Ana Beatriz Cesa, presidente da Brasil Júnior, uma confederação de empresas juniores.

RN tem novas campanhas no Turismo
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur) e da Empresa de Promoção Turística Potiguar (Emprotur), anunciou nesta semana a campanha "Visite Rio Grande do Norte". As diretrizes são embasadas por pesquisas realizadas pelo setor de Inteligência da Emprotur. 

Com o mote "um mundo pra você aproveitar", a campanha conta com imagens veiculadas no perfil oficial de promoção turística do Estado, o @VisiteRioGrandedoNorte, e prevê o lançamento de dois curtas, com foco em públicos distintos. A intenção dos filmes é dar amparo visual às mensagens da campanha, utilizando linguagem humorada, regionalista e que promova os principais destinos turísticos.

"Meu Rio Grande do Norte"  Para o público interno, a ideia é que o potiguar realize mais viagens pelo RN. Para este público a campanha se intitula "Meu Rio Grande do Norte". Uma etapa será direcionada a agentes de viagens e operadores. Uma das metas é evidenciar conquistas como o selo Safe Travels do WTTC, do qual o RN foi pioneiro como Estado, e o selo local Turismo+Protegido, que realizou capacitações dos profissionais do turismo pelo Senac/Sebrae.

CVC terá charter para Natal no verão
A CVC fechou fretamentos para a alta temporada de verão de olho na retomada gradual das viagens nos destinos domésticos. Serão 150 voos, dos quais 25 por semana, a partir de São Paulo, Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Belo Horizonte, Porto Alegre, Londrina (PR), Brasília, Cuiabá e Goiânia. Os destino ao Nordeste são Jericoacoara (CE), Maceió, Natal, Porto Seguro (BA) e Una/Comandatuba (BA).

Os charters começam em 19 de dezembro e se encerram em 31 de janeiro de 2021. Serão aproximadamente 50 mil assentos extras e os voos estão à venda nas mais de 1,2 mil lojas franqueadas CVC já em funcionamento pelo Brasil. Na comparação com o ano passado, os voos para o período, rumo a destinos domésticos, estão 30% mais baratos, garante a empresa.

Painel reunirá presidentes das aéreas
Na próxima segunda-feira (28/09), às 15h, o setor aéreo brasileiro vai se unir para uma importante comunicação conjunta. Os presidentes John Rodgerson (Azul), Paulo Kakinoff (Gol), Jerome Cadier (Latam Brasil) e Eduardo Busch (Voepass) deixam a competitividade de lado e se juntam em um painel, transmitido virtualmente durante a Abav Collab, a edição online da feira anual da Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagem). Em um movimento inédito, os executivos deverão firmar compromisso com a segurança e a saúde dos passageiros neste momento de retomada das viagens aéreas.

A Abav Collab é um evento virtual que vai reunir as principais entidades do Turismo para debater temas sobre o setor. A abertura será amanhã (27), quando se comemora o Dia Mundial do Turismo. A solenidade será presencial, em Salvador, com show do Olodum. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site.








Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.