Idema reinicia obras de acessibilidade

Publicação: 2019-03-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema-RN) deve recomeçar nesta segunda-feira (18) as obras do projeto de Reforma e Adequação de Acessibilidade do cajueiro de Pirangi do Norte, uma das maiores atrações turísticas do litoral potiguar, que inclui uma nova passarela de acesso para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção.

Proteção de passarela é de ferro mas Idema garante que é mais seguro principalmente para pessoas com dificuldade de locomoção
Proteção de passarela é de ferro mas Idema garante que é mais seguro principalmente para pessoas com dificuldade de locomoção

O Idema ainda não definiu se o funcionamento da nova passarela de acesso ao interior do maior cajueiro do mundo vai substituir a antiga ou se as duas irão funcionar independentes.

Os corrimãos da recém-construída passarela, que ainda não está liberada para uso, são de metal, sujeitos à corrosão devido à maresia. Mas, segundo o coordenador do Grupo de Engenharia do Idema, Abelardo Alves Correia, a escolha pelo metal foi da administração mas isso não deve acarretar maiores problemas porque a estrutura metálica tem pintura eletroestática, das mais resistentes que existe. A tinta verde, explicou, também foi uma opção para manter a cor de acordo com a folhagem do cajueiro.

A opção por  construir outra estrutura de acesso, de acordo com o coordenador de Engenharia do Idema, é porque a já existente passou a receber interferências dos galhos do cajueiro sobre os transeuntes prejudicando as pessoas com dificuldades de locomoção. “A ideia é manter as duas opções”, explicou. Segundo ele, além de melhorar o fluxo no interior do cajueiro também vai servir como rota de fuga para o local.

A Reforma e Adequação de Acessibilidade do Cajueiro tinha previsão de conclusão em três meses. Foi iniciada em 19 de novembro do ano passado com previsão de término dia 19 de fevereiro de 2019 mas por causa do fluxo de turistas e visitação na alta estação teve que ser adiada. Com o reinício previsto para esta segunda-feira e inclusão de outras obras, deverá ser concluída em 60 dias.

O caramanchão que controla o crescimento dos galhos para uma rua do entorno será ampliado e o mirante ganhará nova sinalização e há uma proposta de construção de  um elevador para facilitar o acesso de cadeirantes. O orçamento inicial era de R$ 220 mil com execução pela Delphi Construção SA mas  tudo vai depender da aprovação da administração do Idema. Os recursos são oriundos de medida compensatória. 

O novo projeto, com orçamento ainda não definido, vai contar com um estacionamento estruturado com  capacidade para cinco ônibus e 31 veículos pequenos, na rua Pedro Moura, por trás do cajueiro.

Cajueiro
O Cajueiro de Pirangi completou 130 anos de existência em dezembro de 2018. É uma das maiores atrações turísticas do Estado. A árvores cobre uma área de 8.500 metros quadrados.











continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários