Idosos estão mais endividados que os jovens adultos

Publicação: 2018-09-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A inadimplência cresce mais entre idosos e cai entre a população jovem. Na comparação entre agosto de 2018 com agosto de 2017, aumentou em 9,56% a quantidade de inadimplentes com idade de 65 a 84 anos. Considerando apenas os brasileiros de 50 a 64 anos, a alta foi de 6,26%, enquanto na população de 40 a 49 anos, houve um aumento de 4,77% no número de negativados. Entre os consumidores de 30 a 39 anos, o aumento da inadimplência foi de 1,69% em agosto.

A queda ocorreu entre os mais jovens. Considerando a população de 18 a 24 anos, houve um recuo considerável de 23,20%, ao passo que entre os brasileiros de 25 a 29 anos, a redução foi de 5,63% Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o comportamento distinto entre as faixas etárias é reflexo da entrada tardia dos jovens no mercado de trabalho e também da permanência prolongada dos idosos como força produtiva do país.

“Fora do mercado de trabalho pelas mais diversas razões, seja estudo, desemprego ou por opção, muitos desses brasileiros acabam ficando também fora do mercado de crédito, reduzindo o contingente de potenciais inadimplentes. Já entre os idosos, que estão permanecendo por mais tempo no mercado de trabalho, a renda mais baixa nessa faixa etária e o aumento expressivo de gastos com saúde, por exemplo, podem desajustar o orçamento", analisa Pellizzaro Junior.

Em números absolutos, a maior parte dos inadimplentes está compreendida na faixa dos 30 aos 39 anos. São 17,9 milhões de pessoas nesse momento da vida que não conseguem honrar seus compromissos financeiros. Considerando a população de 40 a 49 anos, são 14,1 milhões de inadimplentes e outros 13 milhões que possuem de 50 a 64 anos.

Entre os idosos, dos 65 aos 84 anos, são 5,4 milhões os que estão com o CPF restrito. Na população mais jovem, os números também são expressivos: 7,8 milhões de inadimplentes com idade de 25 a 29 anos e 4,5 milhões com contas atrasadas que têm de 18 a 24 anos.






continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários