Natal
Inquérito que apura atentados avançou pouco
Publicado: 00:00:00 - 25/07/2014 Atualizado: 23:56:25 - 24/07/2014
Outro caso investigado pelo 1º Distrito Policial é a agressão e ameaça a Clodoaldo Trindade e Elequicina dos Santos, respectivamente secretário adjunto e titular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). De acordo com Rossana Pinheiro, as poucas informações sobre o caso dificultam o andamento do inquérito.

Leia Mais

A atual linha de investigação utiliza o princípio matemático da probabilidade e deve ouvir cerca de 100 pessoas. Segundo Rossana, as informações são de que um homem agrediu Clodoaldo Trindade às 18h30 do dia 13 de março, quando ele deixava a secretaria, contando com apoio de um carro Fiat Uno. “Não sabemos se o carro é verde ou prata e há divergência sobre a numeração da placa. Tenho que cruzar as possibilidades e ver todas as placas do RN possíveis – porque não se sabe a cidade, só o Estado. Isso dá umas cem placas”, explicou. Restam pouco mais de 50 dias para terminar esta fase da apuração.

Na mesma semana da agressão, Elequicina foi ameaçada e um ônibus foi queimado no terminal das Rocas. A polícia considera que os três atos podem estar relacionados, com base no depoimento de um adolescente. Ele confessou ter queimado o ônibus, por R$ 50,00, a mando de um homem não identificado que, segundo consta no inquérito, tinha características semelhantes ao do agressor.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte