Instituto Royal explica denúncia amanhã em audiência pública na Câmara

Publicação: 2013-10-28 15:50:00
A denúncia de maus-tratos a animais no Instituto Royal será discutida em audiência pública da Comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados, na tarde desta terça-feira (29). O foco da discussão será a libertação de 178 cães da raça beagle que seriam usados em testes científicos no laboratório do Instituto Royal, em São Roque, interior paulista. De acordo com a Câmara dos Deputados, a diretora e funcionários do instituto foram convidados para participar da discussão.
Sede do Instituto Royal, em São Roque, em São Paulo, de onde ativistas retiraram 178 cachorros da raça beagle
Apesar de o instituto ser credenciado no Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal, ativistas de organizações não governamentais (ONGs) de defesa dos animais o acusam de maus-tratos.

O deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), que pediu a audiência, quer esclarecer essa polêmica e buscar soluções efetivas para problemas que vêm se repetindo há vários anos. "Existem várias formas de maus-tratos e, dentre eles, apareceu agora esse caso Royal que é, na verdade, caracteristicamente um aspecto de maus-tratos pela forma como os elementos eram utilizados para, segundo eles, experimentos científicos."

Ricardo Tripoli também é o relator da comissão externa criada pela Câmara para investigar o caso Royal. A audiência vai compartilhar a experiência dos deputados que visitaram o instituto e conversaram com delegados, promotores e ativistas de São Roque.

Leia também: