Integrantes de organizada são absolvidos em morte de torcedor rival

Publicação: 2019-11-15 10:04:00 | Comentários: 0
A+ A-
Dois ex-integrantes de torcidas organizadas do América-RN, acusados de matarem o adolescente Flávio Augusto, torcedor do rival ABC, foram absolvidos no Tribunal do Juri na noite desta quinta-feira (14). Após 11h de júri, Vitor Vinícius de Moura Torres e Fhewchtersmuller Júnior da Rocha, o Guinho, foram considerados inocentes pelos jurados.

O crime aconteceu em novembro de 2013, após uma partida do ABC contra o ASA de Arapiraca pela Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio Frasqueirão. Flávio, que tinha 17 anos, voltava para casa com mais dois torcedores alvinegros, o irmão e um amigo, por volta das 23h, quando foi assassinado a tiros por dois homens em um carro preto. As outras duas vítimas do atentado sobreviveram.

A principal acusação foi de que a motivação do crime se tratou de uma rivalidade entre torcidas organizadas do América-RN e do ABC. Os três estavam vestidos com camisetas de uma das torcidas alvinegras.

Na denúncia feita à Vitor Vinícius e a Fhewchtersmuller Júnior da Rocha, o Ministério Público do Estado pediu a condenação do primeiro e a absolvição do segundo. Durante o júri, entretanto, os advogados de defesa apresentaram álibis para comprovar que nenhum dos dois acusados estava no local do crime.

Os dois acusados chegaram a passar seis meses presos preventivamente, mas respondiam o processo em liberdade. Com a absolvição dos rapazes no júri popular, o caso permanece sem solução.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários