Internações aumentam nos hospitais privados de Natal

Publicação: 2020-12-05 00:00:00
Atualmente, a taxa de ocupação geral de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) estava em 62,24% até o início da noite da sexta-feira (4). A região com a situação mais crítica é a de Pau dos Ferros, onde o Hospital Regional Cleodon Carlos encontra-se com 100% de seus leitos ocupados. Ela é seguida pela região de São Paulo do Potengi, também com 100% de ocupação. No Seridó, a taxa estava em 56%. Em Natal e sua região Metropolitana, onde está concentrada a maior quantidade de leitos do RN, a taxa de ocupação é de 54,7%.
Créditos: Reprodução/InstagramHospital Rio Grande, um dos maiores e mais estruturados hospitais de Natal, está com leitos de covid lotadosHospital Rio Grande, um dos maiores e mais estruturados hospitais de Natal, está com leitos de covid lotados
Na capital, além dos hospitais públicos, a rede privada também tem observado um aumento no número de atendimentos e pessoas internadas ao longo dos últimos dias. Segundo um levantamento feito pela TRIBUNA DO NORTE junto à rede privada, dois hospitais apresentam 100% de ocupação de seus leitos de internação para a doença: o Hospital Riogrande e a Casa de Saúde São Lucas. 

No Hospital Riogrande, são 9 leitos de UTI e 10 leitos clínicos destinados à doença, todos ocupados. Além disso, o pronto socorro registrou aumento de 70% no fluxo de pacientes em busca de atendimento médico. Na Casa de Saúde São Lucas, há 34 pacientes internados, dos quais 10 estão na UTI. O hospital também confirmou “alta procura de pacientes sintomáticos respiratórios”. 

Nos outros hospitais, apesar de não haver lotação dos leitos, também houve aumento na procura por atendimento. É o caso do Hospital do Coração, onde até a sexta-feira estavam internados 25 pacientes com Covid-19. No pronto socorro da unidade, estão sendo feitos cerca de 200 atendimentos diários, um aumento de 50% em relação ao mês anterior. Desses atendimentos, cerca de 40% representam casos suspeitos de Covid. 

O Hospital da Unimed possui 3 pacientes internados na UTI e 1 em leito clínico. Essa unidade dispõe de um total de 9 leitos de UTI adulta, 4 de UTI pediátrica e 14 de enfermaria designados para atender os casos da doença. Ao lado do Hospital Antônio Prudente, da Hapvida, que possui 2 pacientes com suspeita na enfermaria, é o que apresenta a menor quantidade de pessoas internadas. 

Casos
O Rio Grande do Norte possui um total de 336 pessoas internadas em leitos públicos e privados em decorrência da Covid-19. Dessas, 174 estão em leitos críticos (UTI e cuidados semi-intensivos) e 162 estão em leitos clínicos. No SUS, 122 dos 196 leitos leitos disponíveis estavam ocupados até o início da noite desta sexta-feira (4). 

Ao todo, o Estado teve 97.098 casos confirmados da doença e 2.715 óbitos confirmados, sendo um deles nas últimas 24 horas. A taxa de transmissibilidade está em 0,63, mas apresenta variações maiores em algumas regiões do Estado, como é o caso da região do Alto-Oeste, que apresenta uma taxa de transmissibilidade de 1,16.










Leia também: