Cookie Consent
Brasil
Intervalo de 12 semanas entre doses das vacinas melhora os resultados
Publicado: 00:00:00 - 03/02/2021 Atualizado: 00:02:58 - 03/02/2021
A eficácia da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca pode chegar a 82,4% se o intervalo entre as duas doses for de 12 semanas ou mais, revela estudo publicado ontem. O imunizante tem autorização para uso emergencial no Brasil e é produzido e distribuído nacionalmente pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Magnus Nascimento


O artigo, assinado por pesquisadores britânicos, brasileiros e sul-africanos, foi disponibilizado na plataforma de pré-publicação da revista The Lancet e ainda precisa passar pela revisão de outros cientistas.

Análise inicial divulgada em novembro apontou uma eficácia de 62% quando aplicadas duas doses completas com intervalos variados entre elas.

 Posteriormente, executivos da AstraZeneca e pesquisadores haviam declarado que o índice poderia ser mais alto se o intervalo entre as duas doses fosse ampliado, mas os dados detalhados ainda não haviam sido publicados em revista científica.

O estudo divulgado mostra ainda que a eficácia do imunizante após 22 dias da aplicação de apenas uma dose chega a 76%, fortalecendo a estratégia já adotada por alguns países, como o Reino Unido. 








Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte