Investimentos menores

Publicação: 2020-08-07 00:00:00
A+ A-
Luiz antônio felipe 
laf@tribunadonorte.com.br

Os indicadores no período mais crítico da pandemia são quase todos negativos. Os investimentos, por exemplo, recuaram 1,3% em junho contra maio, aponta o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) fecha o segundo trimestre de 2020 com uma queda de 24,5%, também na série dessazonalizada, reflexo do isolamento social por conta da pandemia da covid-19. Nas comparações com os mesmos períodos de 2019, enquanto junho registrou uma queda de 15,6%, o segundo trimestre encerrou com uma retração de 23,1%.

Poupança
No campo positivo, mesmo com a paralisação da economia na pandemia, o brasileiro guardou dinheiro. A poupança bate recorde de captação para o mês de julho, de R$ 27 bilhões. Com isso, o saldo total da poupança somou R$ 972,669 bi. É justificada pela postura das famílias em relação à crise e pelas ações do governo para manter a renda da população.

Inovação
A indústria brasileira vem dando sinais de reação. A intenção do setor em lançar produtos é maior em julho, diz a Associação Brasileira de Automação. De acordo com o Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial apurado em julho, a intenção de lançamentos avançou 37,7% na comparação a junho. No acumulado dos últimos 12 meses, no entanto, o índice tem queda de 18,2%, tendência também identificada nos sete meses de 2020 (-17,2%).

Varejo
Maior dinamismo ao varejo de Natal, com a chegada das lojas Ferreira Costa e Havan, redes  que vendem quase de tudo. Serão criadas centenas de vagas, diretas e indiretas, no segmento do comércio e, vem reforçar a concorrência ampliando as opções para o consumidor potiguar. A loja Havan será na entrada da Cidade Satélite e a Ferreira Costa no antigo Hiperbompreço Cidade Jardim.

Cotações
Os mercados iniciaram os negócios sem direção. No fim do dia, o Ibovespa experimentou ontem mais uma alta de 1,29% a 104.126. Já o dólar foi cotado ontem a R$ 5,342, uma alta de 0,95%. O preço do barril de petróleo (spot) fecha a U$ 41,95, queda de 0,23%.

Emprego indica alta
O Indicador Antecedente de Emprego subiu 9,2 pontos de junho para julho, na pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV). É o terceiro avanço consecutivo, período em que o índice recuperou cerca da metade das perdas acumuladas entre fevereiro e abril. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp cresceu 8,7 pontos em junho. Essa terceira alta consecutiva do mantém o movimento de recuperação do mercado de trabalho. O indicador se mantém em níveis muito baixos em termos históricos, sugerindo cautela das empresas para contratar. Para os próximos meses, a expectativa é de continuidade desse cenário de retomada gradual, avaliou Rodolpho Tobler, economista do Ibre/FGV.

Vagas
Na marcha lenta da recuperação da economia, o mercado de trabalho brasileiro tem alta em julho, mas segue em nível baixo.  A taxa subiu a 13,3% no trimestre até junho e atinge 12,8 milhões de pessoas, diz o IBGE. Faltava trabalho para 31,946 milhões no País no trimestre até junho.

Balanço
Em linha com os demais bancos, o lucro do Banco do Brasil cai 25,3% no 2º trimestre, com maiores provisões e impostos. O lucro líquido ajustado foi de R$ 3,3 bilhões, de abril a junho. Não ficou muito longe dos bancos privados Bradesco e Itau. Os bancos também estão anunciando redução de juros, após a Selic cai para 2% ao ano.

Eólica (I) 
A paulista AES Tietê compra o Complexo Eólico Ventus, no Rio Grande do Norte, por cerca de R$ 650 milhões, do grupo paranaense J. Malucelli Energia. O complexo opera desde 2014 com 187,0 megawatts(MW) de capacidade instalada. São três parques: Miassaba 3, em Macau; Brasventos Eolo (ex-Rei dos Ventos 1) e Rei dos Ventos 3, ambos em Galinhos.

Eólica (II) 
A Eólica Monte Verde recebe do Idema a licença para instalação do complexo eólico, na região central do Estado, em solo cristalino. Vai ocupar uma grande área entre os municípios de Lajes, Jandaíra e Pedro Avelino, com seis parques. Essas empresas têm a vantagem agora com as “ações verdes” que caíram no gosto de investidor melhor que petróleo e gás.

Despesas
O TRT-RN economiza R$ 319 mil (32,14%), em suprimentos durante os primeiros meses da pandemia, mostra um levantamento, quando comparados os gastos com suprimentos entre os primeiros semestres de 2020 e de 2019. A economia diz respeito a gastos com água, energia elétrica, material de expediente e combustíveis.