Investimentos no RN estão abaixo da média nacional

Publicação: 2018-11-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O investimento em saneamento básico e água no estado do Rio do Norte está abaixo da média nacional. De acordo com levantamento divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o estado investiu R$ 471 milhões no setor. Isso equivale a R$ 134,35 por habitante, sendo que a média nacional é de R$ 188,17. Atualmente, 2,6 milhões da população potiguar continuam a despejar efluentes sem tratamento na natureza. De todo o esgoto produzido, apenas 23,4% é coletado.

De acordo com a CNI, com base em dados do IBGE, foram registrados casos de enfermidades como chikungunya, zika, diarreia e verminose em quase 63% das cidades do Rio Grande do Norte.

O economista e consultor do Instituto Trata Brasil Pedro Scazufca apresenta, em entrevista a Agência do Rádio Mais. três pontos sobre o que pode ser feito para que o saneamento básico evolua.

“Boa regulação de serviço, maior eficiência na prestação do serviço, tanto empresas públicas como privadas e o planejamento, sendo que metade dos municípios do Brasil ainda não tem plano municipal de saneamento. Então, é importante ter como meta que todos os municípios tenham meta de saneamento, pois para chegar na universalização em 2033 é preciso que tenha um plano mostrando como se vai chegar lá”, afirma.

O Rio Grande do Norte é o segundo estado do nordeste com maior índice de doenças relacionadas à falta de saneamento básico. Os dados do IBGE mostram que apenas 33 dos 167 municípios potiguares têm uma política de saneamento básico.

Investimento em expansão da rede
Recife (PE)  - 323,328

Salvador (BA) -  273,527

Fortaleza (CE)  - 215,234

Aracaju (SE) - 113,160

Natal (RN)  - 68,832

Grande Teresina (PI)*  - 44,624

Grande São Luís (MA) - 37,503

João Pessoa (PB) - 35,706

Maceió (AL) - 24,548

Fonte: Trata Brasil

Números
23,4% é o percentual da população do RN que tem acesso à coleta de esgoto. Desse total, 78,9% é tratado;

79,2% é o índice de abastecimento de água no RN. A média brasileira é de 83,3%;

87 é o número de municípios potiguares com ocorrência de dengue por falta de saneamento;

R$ 134,35 é o valor investido anualmente por habitantes no RN, A média nacional é de R$ 188,17.

Fonte: CNI



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários