Investimentos

Publicação: 2021-01-17 00:00:00
Trânsito Livre

Após congelar os R$ 10 bilhões em investimentos (anunciados em 2019) por causa do coronavírus a General Motors vai retomar os projetos no Brasil. Em comunicado para celebrar o 5º ano na liderança de mercado, a GM confirmou o aporte para lançar “veículos inéditos” até 2024 (as novas gerações da Spin e da S10), o que naturalmente inclui a Trailblazer.

Proconve
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos pediu ao governo federal o adiamento da fase 8 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, que passa a valer para novos modelos de carros a partir de janeiro de 2022 e para todos os novos carros em janeiro de 2023. A pandemia obrigou a indústria a paralisar as atividades em 2020, causando atrasos.

Tecnologia
Os carros híbridos têm conquistado mais espaço no mercado mundial. Porém, como todo produto, a indústria está sempre em busca de melhoria e inovação. Hoje em dia, um dos pontos mais considerados para os avanços é a sustentabilidade. Os carros híbridos funcionam com uso de bateria e combustão a álcool ou gasolina, o que gera emissão de CO2 na atmosfera.

Tiggo 2
Novo Chery Tiggo 2: SUV é patenteado na Argentina e será produzido no Brasil. Utilitário Esportivo compacto da Chery chega com dianteira renovada, interior mais sofisticado e nova mecânica. Lançamento está previsto para este ano. O lançamento faz parte do novo ciclo de investimentos da Chery no Brasil, que inclui R$ 5 bilhões para a produção de novos automóveis em Anápolis (GO).

NOTA: POSICIONAMENTO DA FENAFISCO S/FORD 
Saída da Ford ressalta urgência na revisão do sistema tributário brasileiro. A FENAFISCO (Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital) entende que o fechamento das fábricas da Ford no Brasil resulta da sequência de péssimas decisões tomadas nos últimos anos, entre elas o descaso com mudanças significativas no sistema tributário. Com graves problemas de natureza fiscal no País, o sistema tributário diminui a aptidão de investidores estrangeiros.

Medidas adotadas pelos governos para a retomada do crescimento são ineficazes. Com o fechamento das fábricas no Brasil, a Ford vai concentrar seus investimentos no México e na Argentina. Recentemente, acompanhamos a aprovação do Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) na Argentina, que além de tributar os super-ricos, receberá investimentos de US$ 580 milhões da montadora estadunidense. A opção da Ford pelo vizinho sul-americano demonstra que o IGF não afasta investidores, mas sim a inoperância e a falta de políticas efetivas para fomento do ambiente de negócios no País. Outras montadoras podem seguir o mesmo caminho.

Ford
Sobre o fechamento de unidades fabris da montadora no Brasil, é preciso esclarecer: a marca seguirá vendendo seus produtos importados e, inclusive, reforçou os lançamentos de Mustang Mach-E, Bronco Sport e da nova Ranger no Brasil. A pick-up, aliás, passa a ser o único carro de passeio fabricado na América Latina que segue à venda por aqui, importada da Argentina. Outros produtos virão de fora...

Vendas
Embora o ano de 2020 tenha sido extremamente desafiador para o setor automotivo, foi o momento em que os SUVs tomaram o protagonismo no mercado. Anote os 10 mais vendidos no ano. 1o- VW T-Cross; 2o- Renegade; 3o- Compass; 4o- Tracker; 5o- Creta; 6o- Kicks; 7o- HR-V; 8o- EcoSport; 9o- Duster e 10o- VW Nivus. Este último, o VW Nivus, foi um dos carros mais premiados no Brasil em 2020.

Boxster
A Porsche comemora o  25º aniversário da família “roadster” com um modelo especial: o Boxster 25 Anos. Estão sendo feitas 1.250 unidades, da versão GTS 4.0, com motor boxter de 6 cilindros com 294 kW (400 PS). A edição faz referência aos recursos de design do conceito Boxster, que anunciou o sucesso do esportivo dois lugares no Salão de Detroit de 1993. 

Duas Rodas
Revisão e a manutenção da moto é um procedimento que deve ser realizado sempre, principalmente antes de longas viagens. Ao levar a motocicleta em uma oficina de confiança, é possível verificar o funcionamento e eficiência de todo o sistema, prevenindo acidentes e possíveis falhas durante a condução. Cada peça temum intervalo correto de troca. 

Troller
Tristeza e indignação: mistério sobre o futuro da Troller no Brasil gera comoção entre proprietários Fábrica do “T4” será fechada no final do ano e, se não for vendida, pode encerrar história da marca. Isso gerou efeitos colaterais, mas um será mais sentido entre milhares de clientes. Com o encerramento da produção no Ceará, a Ford pode ter colocado  ponto final na história da Troller.








Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.