IPEM fiscaliza brinquedos em Operação Especial Dia das Crianças

Publicação: 2019-10-09 09:17:00 | Comentários: 0
A+ A-
Daqui a três dias é comemorado o Dia das Crianças, data comemorativa que leva muitos pais às lojas em busca de brinquedos para seus filhos pequenos. Para garantir a venda de produtos que sejam seguros ao público-alvo, o Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (IPEM/RN) fez a Operação Especial Dia das Crianças para fiscalizar brinquedos e itens infantis no comércio. A ação ocorreu durante os 30 de setembro a 02 de outubro, em Natal e Região Metropolitana, além de Mossoró.

Créditos: Ana SilvaEntre os consumidores que irão às compras em Natal, os brinquedos lideram lista de preferênciasEntre os consumidores que irão às compras em Natal, os brinquedos lideram lista de preferências
27 estabelecimentos foram visitados pelos fiscais do Ipem/RN

Os fiscais verificaram se os itens apresentavam as informações obrigatórias, de acordo com as normas do Inmetro como: Selo de Identificação da Conformidade, dados do fabricante ou do importador, CNPJ da empresa fabricante, país de origem, faixa etária e se todas as informações estavam escritas em português.

No total, 27 estabelecimentos foram visitados e 2594 produtos foram fiscalizados entre brinquedos em geral, bicicletas de uso infantil, cadeirinhas de veículos, carrinhos para crianças e berços infantis. Foi encontrado apenas um berço irregular, por não conter o Selo de Conformidade do Inmetro.

Caso encontre alguma irregularidade, o consumidor pode fazer uma denúncia ao IPEM/RN através do e-mail: ouvidoria-ipem@rn.gov.br ou pelo (84) 98147-9433.

O IPEM/RN deu dicas na compra de brinquedos para as crianças:

1)  Não compre artigos infantis em comércio informal, pois não há garantia de procedência.

2) Compre somente brinquedos que contenham o Selo do Inmetro, sejam nacionais ou importados. 

3) Selecione o brinquedo considerando a idade, o interesse e o nível de habilidade da criança. 

4) Se você tem filhos em idades diferentes, redobre a atenção para que os menores, em especial aqueles até 3 anos, não tenham acesso aos brinquedos dos mais velhos.

5) Retire a embalagem do brinquedo e sacos plásticos que podem acompanhar o produto antes de entregá-lo à criança, a fim de prevenir acidentes com grampos e similares, e até mesmo o risco de sufocamento.

6) Leia com atenção as instruções de uso.

7) Se o brinquedo estiver sem o selo do Inmetro, entre em contato com a Ouvidoria do Instituto pelo telefone 0800 285 1818 ou formulário http://www.inmetro.gov.br/ouvidoria/ouvidoria.asp.

Deixe seu comentário!

Comentários