Jaílson rescinde contrato com ABC e segue para o futebol árabe

Publicação: 2020-09-30 00:00:00
Vicente Estevam
Repórter de Esportes

O artilheiro do ABC na temporada, o meia Jaílson, é mais um atleta a deixar o clube potiguar. O atleta recebeu uma proposta para atuar no futebol árabe (Al-Tai Football Club) e já rescindiu o contrato com o Alvinegro. O vice-presidente de futebol, Gustavo Cartaxo, revelou que o clube ainda tentou contornar a situação, oferecendo um novo reajuste salarial, mas que a proposta, ainda assim, ficava bem a quem daquilo que foi oferecido ao meio-campista. Esse será o grande desfalque do treinador Francisco Diá, junto com o atacante Lelê, diante do Vitória da Conquista na partida programada para amanhã, válida pela terceira rodada do grupo A-4, onde será definida a liderança. 

Créditos: Rennê Carvalho ABCJaílson vinha sendo um dos maiores destaques abecedista na temporada, marcou 13 gols em 26 partidas com a camisa alvinegraJaílson vinha sendo um dos maiores destaques abecedista na temporada, marcou 13 gols em 26 partidas com a camisa alvinegra

O jogador foi destaque numa matéria especial na edição do último domingo da TRIBUNA do NORTE, quando revelou estar bastante feliz com a oportunidade que estava tendo de defender o clube potiguar. Foi eleito na seleção do estadual, formada pela Joven Pan News Natal, como o craque do Campeonato Potiguar 2020. Jailson fez 26 jogos com a camisa abecedista, marcou 13 gols e deu cinco assistências, ajudando o Alvinegro a conquista o título de forma invicta.

A situação se torna mais dolorida para os alvinegros, pelo fato de a negociação do jogador que se destacou bastante na temporada, não render nenhum centavo ao ABC que ainda luta contra uma grave crise financeira. 

“A Série D é mundo cão para os clubes. Na recente renovação que realizamos com Jaílson, o contrato previa o pagamento de multa rescisória apenas para transferência realizada para outro clube no Brasil. Essa cláusula não foi estendida para as negociações internacionais, por uma exigência do representante do atleta. Infelizmente somos obrigados a nos submeter a situações assim, quando estamos sem dinheiro e mergulhado numa Série D”, ressaltou Cartaxo. 

O dirigente disse que agora, o clube terá de buscar no mercado um jogador com as mesmas características, o atleta estava perfeitamente entrosado e deverá ser substituído à altura. Além dessa peça que terá de chegar de forma urgente para recompor a armação ofensiva, não está descartada a contratação de mais outros reforços. 

“O grupo nunca está fechado quando se disputa uma competição tão longa quanto a Série D. Vamos atrás de um substituto para Jaílson, sabemos que não será fácil encontrar um atleta com a mesma qualidade solto no mercado, mas vamos realizar um grande trabalho de pesquisa”, ressaltou Gustavo Cartaxo. 

Antes de Jaílson, o ABC perdeu outras peças apontadas como fundamentais pelo treinador Francisco Diá, casos de Cedric e Paulo Sérgio, que foram disputar a Série B pelo CSA. João Paulo, que retorna a equipe diante do Vitória da Conquista, também recebeu proposta recente, mas o clube conseguiu cobrir a proposta. 

A outra opção para perda do artilheiro seria a recuperação total do atacante Wallyson, jogador que vem realizando um trabalho de complementação muscular, devido a uma diferença na perna provocada pela própria cirurgia que teve de se submeter. No geral o jogador já está liberado, falta resolver a questão da potência e velocidade nas arrancadas para o ataque, na visão do médico Roberto Vital. De fevereiro até agora, Wallyson participou apenas de dez minutos num clássico contra o América.