Jardim Ponta Negra, um novo conceito de comer na rua

Publicação: 2017-01-27 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Comer e beber a céu aberto é uma proposta que sempre agradou em Natal. A mais recente prova dessa fórmula vencedora é o Jardim Ponta Negra Food Park, espaço que está em funcionamento há dois meses, incrementando o movimentado roteiro gastronômico do bairro praieiro.  A novidade é que a iniciativa reuniu num espaço só os food trucks, a mania do verão passado que agora encontrou um porto seguro para suas iguarias.
Alex RégisPaisagismo e melhorias deram clima aconchegante ao espaço, que oferece música ao vivo todos os diasPaisagismo e melhorias deram clima aconchegante ao espaço, que oferece música ao vivo todos os dias

A área de 2.700 m2 reúne cerca de 30 food trucks, distribuídos ao redor de mesas e cadeiras, à margem da Avenida Roberto Freire. O clima é o de uma grande praça de alimentação ‘open air’, naturalmente arejada, e decorada com palmeiras que dão uma ambientação ainda mais aconchegante ao espaço. O público é uma harmonizada mistura de natalentes e turistas – com maior presença do segundo, já que o período de alta estação fala alto em Ponta Negra.

Mas o Jardim Ponta Negra pretende ser mais que uma atração de verão. O local está ampliando seu espaço para receber mais food trucks até o carnaval. “A gente pensou num espaço, acima de tudo, para o natalense. Todos os food trucks nos procuraram espontaneamente e se fixaram aqui. Queremos levar o projeto para além da estação de férias”, afirma Ricardo Gouveia, administrador do local, ao lado do empresário português Antônio Preto, idealizador do projeto.
Alex RégisPúblico tem a disposição 30 especialidades de comidinhas rápidas. Meta dos administradores é chegar a 40 food trucksPúblico tem a disposição 30 especialidades de comidinhas rápidas. Meta dos administradores é chegar a 40 food trucks

Área não edificante
O terreno é uma área não edificante – ou seja, nada pode ser construído nele – mas é flexível e adaptável à mobilidade dos food trucks. Segundo Ricardo Gouveia, até o carnaval o Jardim Ponta Negra terá exemplares de massas italianas, comida árabe, mexicana e vegana. A área poderá receber até 40 operações, no total. Diariamente tem programação musical com música ao vivo e DJ, a partir das 20h. A boa aceitação tem feito o empresário pensar no jardim como um projeto permanente.

Menu eclético
A diversidade gastronômica do Jardim Ponta Negra reflete a quantidade de food trucks que surgiu em Natal nos últimos dois anos. Tem um pouco de tudo para todos os gostos. O Delícias de Macaxeira, por exemplo, oferece escondidinho de carne de sol e camarão, bolinhos de macaxeira recheados (frango, calabresa, carne de sol, camarão), e até pão de macaxeira com carne de sol e coalho. Em outro extremo, o Jappa Gourmet vem com o tempero oriental do yakisoba, temakis, rolinhos primavera, e três combinados de sushi com seis, 12 e 18 peças.
Alex RégisFatia’s serve pizzas inteiras ou em pequenas porçõesFatia’s serve pizzas inteiras ou em pequenas porções

Fãs de petiscos nordestinos devem procurar a Dona Buriu, que oferece carne de sol com queijo coalho empanado, croquete de carne de sol, xerém, carne de sol desfiada com arroz de leite, queijo coalho com mel de engenho, linguiça do sertão, e alguns itens gourmetizados como o harmbúrguer de carne de sol com queijo. A proprietária Cibele Targino acredita que o local terá vida longa, mesmo após a alta estação. “Aqui tem tudo que turistas e natalenses gostam. O ar livre ajuda”, diz.

O Fatia’s trabalha pizzas inteiras e a bem servida ‘super fatia’ para a alegria dos fãs da massa. Os sabores variam entre mussarela, calabresa, portuguesa, gorgonzola, camarão aos quatro queijos, linguicinha com pimenta de cheiro, entre outras. O proprietário André Vieira vê o espaço fixo como uma experiência diferente, mas também válida para o food truck. “É mais fácil fidelizar o cliente e também se apresentar para novas pessoas. Agora, na alta estação, é mais interessante pra gente ficar por aqui”, diz. 
Alex RégisBrownie Café serve cupcakes e bolos de taçaBrownie Café serve cupcakes e bolos de taça

O toque gaúcho da praça está no Tchê Pira Grelhados, do casal Gaudério e Débora Fonseca. De lá saem iguarias como a maminha com polenta e berinjela com queijo, fraldinha com cebola grelhada, picanha com batata grelhada, costelinha suína, frango com abobrinha, entre outras. Gaudério já foi sócio do restaurante Galo do Alto, bugueiro, e agora de volta à gastronomia. “O natalense ainda está descobrindo esse local, mas o turista aderiu e quer sempre saber mais sobre. Estou gostando dessa parceria entre os comerciantes”, afirma.

O passeio pelos cardápios do local é variado, e os bons de garfo precisarão de foco. Há os crepes da Culinart; o Brownie Café com seus bolos na taça, cupcakes e brownies de sabores variados; o Shrimp e seus vários pratos de camarão e algumas surpresas, como o arroz de salmão com queijo gratinado; para os fãs de sanduíches, a gourmet Hamburgueria 84, Over Dog, Sanduba Crispy, Pigs e os sandubas de pernil suíno, e o Hot Dog Gourmet com seus recheios de costela no bafo, carne de sol, pernil suíno, charque, calabresa, entre outros. Para adoçar a mistura, há também os churros gourmet da Street Churros. O local também conta com uma brinquedoteca para entreter a garotada.

Serviço:
Jardim Ponta Negra Food Park. Av. Eng. Roberto Freire, Ponta Negra (entre o Camarões e o Páprika). Abre diariamente, das 17h30 às 23h30. Acesso gratuito.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários