Cookie Consent
Esportes
João Brigatti deixa o América que volta para a mão de Sena
Publicado: 00:01:00 - 29/06/2022 Atualizado: 21:10:17 - 28/06/2022
O América terá a quinta troca de comando técnico na temporada em meio a um clima de decisão dentro do grupo 3 da Série D, no Campeonato Brasileiro. João Brigatti recebeu proposta do Manaus e aceitou comandar a equipe manauara na Série C, deixando o cargo no Alvirrubro de forma amigável. Junto com ele também irá o auxiliar-técnico Vaguinho Santos. Com isso, o comando da equipe volta para as mãos de Leandro Sena. Ontem o clube já havia anunciado o desligamento do fisiologista Lawrence Borba.

CANINDÉ PEREIRA
Leandro Sena foi efetivado no cargo e ficará até o fim da Série D

Leandro Sena foi efetivado no cargo e ficará até o fim da Série D


No comando americano, Brigatti sofreu apenas uma derrota para o Retrô, na última rodada. Porém não conseguiu dar a identidade prometida a equipe, que nos oitos confrontos que passou sob o comando dele, oscilou bastante dentro de campo. No período ele conquistou três vitórias, quatro empates e uma derrota. João Brigatti ficou exatos 57 à frente do Alvirrubro.

O gerente de futebol alvirrubro, Carlos Moura, disse que a decisão do treinador pegou a diretoria de surpresa, ele destacou que a proposta foi tentadora pelo fato de o Manaus estar um patamar acima do América no cenário nacional e que o clube potiguar não tinha como cobrir a proposta financeira apresentada a Brigatti.

“A diretoria se reuniu e achou por bem liberar o profissional, já que não tínhamos como competir em termos financeiros com o Manaus. Vamos dar sequência ao nosso trabalho, mas já pensando em outras situações, agradecemos a Brigatti que foi sempre muito sincero e quando recebeu a proposta disse logo o que estava ocorrendo e tratamos de tudo às claras. A partir de agora Leandro Sena passa a responder pelo cargo interinamente e vamos aguardar um pouco para amadurecer as nossas futuras decisões”, ressaltou.

Moura disse que a campanha que a equipe vinha realizando, não estava sendo encarada pela diretoria como péssima, a ponto de ser debatida uma nova troca de comando, em outras palavras, João Brigatti estava prestigiado. 

“Como fomos pegos de surpresa com a decisão, achamos por bem entregar o comando de imediato a Leandro Sena. Faltam três rodadas para o fim da primeira fase e não vale a pena buscar alguém no mercado agora. Quem chegasse deveria ter um bom conhecimento sobre o grupo, conhecendo as características  dos nossos atletas. A essa altura não vai adiantar trazer um profissional alheio à formação do nosso elenco. Dentro disso, Sena possui o melhor conhecimento”, reforçou Carlos Moura. 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte