Jovem é assassinada pelo ex-namorado em Igapó

Publicação: 2011-02-26 10:04:00 | Comentários: 1
A+ A-
Um crime passional chocou a comunidade do bairro de Igapó, Zona Norte de Natal, na noite desta sexta-feira (25). Elaine Santos de Medeiros, de 19 anos, foi morta pelo ex-namorado a cerca de 150 metros de sua residência, na rua Isabel de Brito Lima. O crime ocorreu por volta das 20h30 de ontem.

emanuel amaralElaine Santos de Medeiros, de 19 anos, foi morta pelo ex-namorado a cerca de 150 metros de sua residência, na rua Isabel de Brito Lima, em IgapóElaine Santos de Medeiros, de 19 anos, foi morta pelo ex-namorado a cerca de 150 metros de sua residência, na rua Isabel de Brito Lima, em Igapó
De acordo com informações repassadas pela família da moça, o ex-companheiro da vítima, conhecido apenas pelo apelido "Biba", havia telefonado para Elaine exigindo um encontro e fazendo ameaças caso ela não aparecesse. Amedrontada, ela foi ao local combinado e acabou sendo atingida por cinco disparos, morrendo ali mesmo. O namoro dos dois havia chegado ao fim há um mês.

Durante o velório e o sepultamento do corpo, ocorrido na manhã deste sábado (26), familiares se disseram chocados com as condições da morte da jovem. Ela deixou um filho de nove meses. A polícia ainda não tem pistas do paradeiro do assassino.

Além do crime registrado em Igapó, as autoriades registraram outros quatro assassinatos entre a noite de ontem e a manhã de hoje. As mortes ocorreram nos bairros de Nova Parnamirim, Felipe Camarão e Jardim Progresso.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários

  • nefita

    Esse è o preco que se paga quando um paìs náo è sèrio. esse è o preco que se paga quando as leis do paìs sáo brandas e boazinhas com quem è criminoso. Esse monstro que tirou a vida desta joven deveria passar 40 anos de cadeia em regime fechado. mas infelizmente... ele se for preso è sò por alguns dias e quem morreu è quem lascou\'se.nòs eleitores temos que cobrar dos polìticos que criem leis muito duras para quem tira a vida dos outros. se náo cobramos, a situacáo vai ficar sempre a mesma. qualquer um verme desses tiram de uma pessoa de bem e fica como se nada tivesse acontecido. o ideal mesmo seria que gente desse tipo fossem enforcadas em praca pùblica como era antes no tempo de D. Pedro.