#JovemPontoCom: Alunos do IFRN fazem Vakinha para disputar olimpíada de matemática na China

Publicação: 2019-10-05 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
jovem.com

Milka Moura
Repórter

Romana, Isabella, João Arthur e Klaus são quatro estudantes do Instituto Federal do Rio Grande do Norte com um objetivo em comum. Além do objetivo, as histórias desses estudantes são semelhantes. Todos, descobriram ainda muito cedo o interesse pelos números.

Estudantes foram convidados para representar o Rio Grande do Norte em competição na China
Estudantes foram convidados para representar o Rio Grande do Norte em competição na China

Isabella Gomes, de 15 anos, conta que sempre se interessou por matemática e teve incentivo de sua mãe, pedagoga. Ela tinha apenas oito anos quando participou de sua primeira Olimpíada, na categoria era Robótica. A estudante de Administração conquistou, nessa competição, a medalha de prata, “foi um resultado inesperado” relembra.

Klaus Augustus, 16, aluno de eletrotécnica, também descobriu cedo o seu interesse. Quando começou a competir olimpíadas, a motivação para continuar estudando e participando foi aumentando, “eu não sabia que ia conseguir ter resultados tão bons quando comecei a fazer olimpíadas. Até hoje no segundo ano do ensino médio, eu ainda estou nas olimpíadas” conta.

João Arthur, de 17 anos, cursa o terceiro ano do ensino médio e faz eletrotécnica no Instituto. João conta que na escola particular onde cursou o ensino fundamental, não existia incentivo no quesito campeonato. Ao entrar no IFRN, João Arthur se deparou com professores e colegas dispostos a participar e ajudar. “Aqui no IF temos vários outros tipos de olimpíadas, e o instituto se dedica aos alunos e os incentiva a participarem” diz.

Romana Galvão, 15, a outra menina compondo a equipe, também é familiarizada com as medalhas. A estudante de Administração, vinda de escola pública, começou sua carreira em Olimpíadas desde o 6º ano. Ela também é a primeira menina do Rio Grande do Norte a conquistar medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEB).

Os quatro amigos se conheceram em aulas de treinamento de matemática. As muitas medalhas e conquistas ao longo do caminho fizeram esse talentoso grupo conquistar agora um novo objetivo: Pequim.

A equipe formada pelos quatro adolescentes e o professor de Matemática Dayvid Marques, foram convidados para participar do WMTC 2019 – World Mathematics Team Championship, que acontece de 21 a 25 de novembro na China.

Mas, para chegar do outro lado do mundo os alunos precisam arrecadar R$ 60 mil. Esse é o valor cotado para cobrir as despesas da viagem. Com limitações de gastos, ocasionadas pelo Ministério da Educação, o IFRN não consegue arcar com os custos. Para conseguir levantar recursos, uma Vakinha Online foi pensada e criada pela mãe de Isabella, uma das integrantes. Até essa sexta, a Vakinha havia adquirido R$ 3.050,00, 5.08% do valor necessário.

Apesar de todo o esforço, o convite para participar da competição foi recebido com muita surpresa e felicidade, Romana conta que poder ir representar o estado é um sonho que pode se tornar realidade.  “É um sonho pra gente ir representar o nosso país, o nosso estado e o nosso IF na China. Poder ir, dizer que tem um bocado de brasileiros, bons em matemática. Mostrar pro mundo que nossa educação ainda tem uma salvação e ainda tem gente dedicada e que ainda pode dar certo” diz, “é um fio de esperança” acrescenta Isabella.

O professor Dayvid Marques explica que a Olimpíada envolve várias etapas: prova escrita, provas individuais e em equipe. A turma do RN foi a única selecionada, e na China, irá se juntar à delegação do Brasil. Para Dayvid, é gratificante ver os alunos voando tão alto. “Pra gente, que é professor, é muito gratificante ver os alunos interessados, engajados e valorizando a educação” finaliza.

O sonho de poder ser representante na China, se espalha para todas as famílias envolvidas. Enquanto a equipe concede entrevista à TRIBUNA DO NORTE, as mães dos alunos assistem tudo com celular na mão e orgulho estampado no rosto. “Isso mostra o quanto eles estão felizes e orgulhosos, eles não tiveram essa oportunidade, então eles querem tornar isso possível pra gente” diz Isabella.

A equipe potiguar precisa sair do RN dia 19 de novembro para chegar a tempo em terras internacionais.

Nomes: Isabella Gomes, João Arthur Oliveira Barros, Klaus Augustus, Romana Galvão

O que fazem: estudantes do ensino médio no IFRN, que desejam participar da Olimpíada Internacional de Matemática em Pequim, China

Como ajudar: através da Vakinha Online


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários