JUNINHO, NÃO! Tirulipa

Publicação: 2014-01-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O ‘Júnior’ cresceu e agora tem o palco todo só pra ele. O filho do deputado e palhaço cearense Tiririca volta a Natal para show em dose dupla neste fim de semana, no Teatro Riachuelo. Tirulipa apresentará sexta e sábado, às 19h, o show “Tá gostando, tá? Tá querendo, tá?”, sucesso nos palcos do ano passado, ainda com pique para 2014. Em ação, Tirulipa mostra que vai além da sombra do pai famoso.
DivulgaçãoHumorista Tirulipa segue os passos do pai Tiririca e neste fim de semana apresenta o show Tá gostando?, no Teatro RiachueloHumorista Tirulipa segue os passos do pai Tiririca e neste fim de semana apresenta o show Tá gostando?, no Teatro Riachuelo

Tirulipa prova no palco que é versátil. Ele vai do stand-up à contação de causos, mas é na caracterização de personagens que show promove as maiores risadas. Entre as figuras que ele representa estão Gazela (sátira de Gabriela), Justiniano Biba, João Santanna e a Mulher Rapadura. A homenagem ao pai palhaço inclui o Tiririquinha, e a tiração de sarro com “Florentina”, o hit musical que lançou Tiririca, que vira “Jurubira”.

Everson de Brito Silva começou no humor aos 10 anos de idade, imitando o pai como “Tiririca Júnior”. Aos 15, fez parte de bandas de forró, e aos 23 retornou ao humor – dessa vez, pra ficar. Foi convidado por Tom Cavalcante para uma sátira ao reality “A Fazenda”, na Record. E no ano passado foi contratado pela Globo para fazer esquetes no Domingão do Faustão, principalmente no quadro “Saco de Risadas”.

Tirulipa está em boa fase, e preparado para ser algo mais que “o filho do Tiririca” - não que isso o incomode mais hoje em dia. Ele falou ao FIM DE SEMANA sobre novidades e os atuais rumos de sua carreira:

O show “Tá querendo, tá?” já foi apresentado outras vezes em Natal. Há novidades para 2014?

Claro! Deixei o mesmo nome por questão de estratégia, já que o show foi sucesso ano passado, mas há muitas coisas novas. Fiz versões para Naldo e Anitta, e também criei um “Félix” como personagem. Há textos novos em que abordo assuntos como a minha família e também falo sobre dietas, essa obsessão das pessoas em emagrecer, principalmente após as festas de fim de ano. Vou “frescar” muito com isso...

As comparações com Tiririca te chateiam?
No começo sim, mas agora não mais. Passei um tempo tentando fugir disso, cantei em banda de forró e suingueira, mas quando voltei ao humor, vi que era inevitável. As próprias pessoas pedem. Hoje eu encerro o show com uma homenagem ao meu pai. Falo sobre o deputado Tiririca, como ele aprendeu a ler e escrever, etc. As pessoas adoram.

As pessoas já te veem como o substituto do Tiririca?
Não sei. Estive com meu pai semana passada, em férias, e ele disse que pretende continuar mais um tempo na política. Ele tem se dedicado bastante ao cargo, com reconhecimento público disso, mas é claro que também sente falta dos palcos. Um projeto que a gente sonha é fazer uma turnê em conjunto, pai e filho na estrada, já pensou? Com certeza vai rolar quando ele sair da política.

E como tem sido a carreira na televisão?

Está bem legal, não posso reclamar. Assinei contrato com a Globo, em janeiro de 2013, e renovamos em dezembro. Faço participações mensais no Domingão do Faustão, e também indico outros humoristas. E estamos indo além dos esquetes. Já gravei uma matéria que vai ao ar em fevereiro: fiquei num ônibus de Fortaleza a São Paulo, tendo que me virar com apenas 30 reais. Entrevistei passageiros, registrei os perrengues, e também filei a bóia de alguns. Estarei no palco pra comentar quando passarem a matéria.

Serviço:

Tirulipa em “Tá gostando, tá? Tá querendo, tá?”. Sexta e sábado, às 19h, no Teatro Riachuelo. Preços: R$100 (inteira) e R$50 (estudantes, professores, idosos).

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários