Justiça bloqueia imóveis e lancha de ex-diretor de empreiteira

Publicação: 2019-06-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
São Paulo (AE) - O juiz federal Diego Paes Moreira, da 6.ª Vara Federal Criminal de São Paulo, especializada em lavagem de dinheiro, determinou o bloqueio de dois imóveis e de uma lancha de propriedade da empresa P3T, criada em 2014 pelo ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza. Foram apreendidos, além da embarcação, uma casa no Guarujá (SP) e um apartamento em Ubatuba.

O ex-dirigente da estatal paulista, apontado pela força-tarefa da Lava Jato em São Paulo como operador do PSDB, é réu em ação penal por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, Vieira de Souza amealhou pelo menos R$ 27 milhões (valores não corrigidos) fruto dos delitos desde que assumiu cargo de direção na Dersa, em 2007.

Para o Ministério Público Federal, Vieira de Souza criou a P3T como "manobra para blindar seu patrimônio". O ex-dirigente está preso preventivamente desde fevereiro e já foi condenado a mais de 170 anos de prisão por crimes como peculato (desvio de dinheiro público) e formação de cartel em obras conduzidas pela Dersa.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários