Kobayashi quer aumentar a competitividade

Publicação: 2020-11-24 00:00:00
O treinador Paulinho Kobayashi vem trabalhando com cuidados para entrar com a equipe bem preparada na fase do mata-mata. O comandante Alvirrubro “bate na tecla” de que o clube irá entrar numa competição bem diferente daquilo que foi a Série D até esse momento. Ele sabe que qualquer deslize pode ser fatal e quer que o nível de competitividade de sua equipe até aumente na nova fase.

Créditos: CANINDÉ PEREIRA

"Nós estamos trabalhando firme, mas daqueles que estão chegando, o Tartá estava parado há algum tempo, então temos de condicionar o jogador um pouco mais. O Neguete também, eles estão se condicionando, mas que trabalhando a parte técnica ou tática. Lucas está um pouco mais na frente em termos físicos, mas ainda trabalha junto com os outros dois. Os que já estavam aqui, procuramos dar um pouco mais de descanso. Não é fácil viajar como o América está fazendo nessa fase de volta da Série D. Queremos todos 100 por cento no mata-mata", disse Kobayashi.

O América vai encerrar a fase sextas-feiras diante do Campinense, na Paraíba, a equipe potiguar não terá o zagueiro Maurício e nem o meio-campista Felipe Guedes e a tendência será o treinador procurar dar ritmo aos novatos, mas sem relaxar, pelo fato de já estar classificado.

Um atleta, em especial, se mostrou bastante feliz com a vitória americana, bem como viveu momento de emoção por de conseguido dar o presente solicitado pela filha. "Muito feliz pelo gol, mas muito mais feliz pela vitória. No sábado dia 21 minha filha completou mais um ano de vida, falei com ela e me pediu um gol. Então foi um momento de muita emoção que tive na partida. Deus me abençoou.", revelou Dico.

O jogador acredita que o Alvirrubro está trilhando o caminho correto dentro da competição, pois tem um grupo competitivo e que trabalha muito. "A partida diante do Floresta foi minha primeira como titular, o jogo foi complicado, mas venho trabalhando de forma humilde e creio que estou conseguindo realizar um bom trabalho”, disse.