Líder de facção acusado de comandar mortes no Passo da Pátria é preso

Publicação: 2017-02-15 16:40:00 | Comentários: 0
A+ A-
Um homem apontado como líder da facção criminosa Sindicato do RN foi preso na tarde desta quarta-feira (15) suspeito de comandar assassinatos que aconteceram no Passo da Pátria nos últimos dois anos. De acordo com a Polícia Civil, a prisão aconteceu após uma investigação conduzida pela Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a polícia, Wildson Alves da Silveira, também conhecido como "Binho" ou "Beck", de 26 anos, foi preso em flagrante com uma pistola .380, 26 munições, dois carregadores e uma identidade falsa. Ele foi preso no bairro de Pitimbu, na zona sul de Natal. Além do flagrante, a polícia ainda tinha um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

As investigações apontam que os assassinatos no Passo da Pátria só poderiam acontecer com a autorização de Wildson. Em novembro de 2016, ele confessou a morte de Romário Costa da Silva, conhecido como "Dentão".

A polícia contou com provas testemunhais, denúncias anônimas e colaboração de outros integrantes do Sindicato do RN que temem ser mortos por Wildson.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários