Leilão realizado atrai compradores de outros estados e supera expectativas

Publicação: 2009-12-29 16:59:00
O segundo leilão do ano realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Administração e dos Recursos Humanos (Searh), superou as expectativas dos organizadores. De acordo com o coordenador de Patrimônio do Estado, Bruno Diniz, o leilão contou com a participação de 300 inscritos, a maior parte do Rio Grande do Norte, porém, com a concorrência de compradores dos estados da Paraíba, Pernambuco, Maranhão, Ceará e São Paulo.
 
Foram leiloados veículos pesados, como ônibus e caminhões, e veículos leves, como fiat uno, corsa, santana, siena e gol, além de utilitários, como kombis e caminhonetes do tipo blazer. O leilão foi dividido em 165 lotes e também foi marcado pela venda de motocicletas, geladeiras, armários, estantes, aparelhos de ar condicionado, computadores e impressoras. O resultado deste leilão só será divulgado em um período de 20 dias uteis.
 
Inicialmente, a expectativa do governo era arrecadar R$ 221 mil com a venda de máquinas, utensílios e automóveis que não mais interessavam ao Governo do Estado. Para Bruno Diniz, leilões são sempre importantes porque tudo o que é negociado vai gerar Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
 
Quanto aos veículos vendidos no leilão, aqueles que tiverem com algum tipo de multa, elas já serão pagas pelos novos proprietários junto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Cada um dos 300 inscritos pagou uma taxa de R$ 2 mil. No caso de algum arremate, o valor pago era descontado. Já na hipótese de nenhum arremate, o valor foi devolvido ao final do leilão.