Lembranças de um papel

Publicação: 2018-04-13 00:30:00 | Comentários: 0
A+ A-
Em “Onde Nascem os Fortes”, Alexandre Nero vê uma forte semelhança entre Pedro Gouveia e o imponente Comendador José Alfredo, personagem que interpretou em “Império”, produção exibida em 2014. Não à toa, o ator acredita que os papéis terão diversas comparações quando estiver no ar na nova trama das 23 horas. “Os dois estão nesse lugar do homem poderoso. Muita gente vai comparar, mas não vejo problema. O Pedro é muito mais bem-humorado, potente e mais divertido que o Comendador, mas tem esse lugar do poder”, ressalta. Na história escrita por George Moura e Sergio Goldenberg, o personagem é dono da maior fábrica de bentonita da cidade de Sertão. Acostumado ao poder, ele usa sua influência para conseguir o que quer.

O ator Alexandre Nero estará na nova trama das 23 horas
O ator Alexandre Nero estará na nova trama das 23 horas

Ao ser acusado por Maria, interpretada Alice Wegmann, de ser o responsável pelo desaparecimento do irmão dela, promove uma caçada à jovem. “Não posso falar se o irmão dela realmente morreu. Qualquer coisa que eu diga, vou adiantar a trama. É como falar na fila do cinema que o cara morre no final do filme (risos)”, desconversa o ator, que considera o personagem um grande vilão. “Dentro desse padrão da sociedade que temos, ele é um homem típico de sua região: muito machista e poderoso, mas não é um mau caráter que passa a perna nas pessoas”, explica.

Primeira mão
Ainda sobre “Onde Nascem os Fortes”, a Globo disponibilizará o primeiro capítulo no Globo Play antes da estreia na tevê. A trama entrará na plataforma de “streaming” no próximo dia 16. Na televisão, a supersérie vai ao ar no dia 23.

Vasta população
As cenas de “Carcereiros”, nova série da Globo, contaram com lotação máxima de figurantes. Não era incomum, nas gravações no presídio, ter mais de 150 homens interpretando, em sua grande maioria, pela primeira vez na vida. “Boa parte dessas pessoas não tinha sido nem figurante, nunca tinha pisado em um set. Mas tivemos uma equipe fazendo a preparação deles, tínhamos alguns ex-presidiários que ajudaram a construir os hábitos daqueles ‘detentos’”, explica José Eduardo Belmonte, diretor geral. A produção, que é protagonizada por Rodrigo Lombardi, estreia dia 26.

Papel épico
Dudu Azevedo foi confirmado como protagonista de “Jesus”, nova novela da Record. Ele dará vida ao personagem-título do folhetim. Seu último trabalho foi na trama de “O Rico e Lázaro”. A produção ainda não tem data de estreia definida.

Riso renovado
O SBT renovou o contrato com Marlei Cevada, Maurício Manfrini, Alexandre Porpetone e Matheus Ceará. No elenco do humorístico “A Praça é Nossa”, os artistas seguem na emissora por mais dois anos. “Estamos muito felizes em renovar por mais uma temporada, já que eles fazem parte de um dos programas de maior audiência da emissora”, valoriza o diretor artístico Fernando Pelegio.

Reconhecimento
Os executivos do Multishow, OFF e BIS estão sorrindo à toa. Os canais a cabo conquistaram, na última terça, dia 10, em Las Vegas, três prêmios do New York Festivals – na categoria “Wo’rld’s Best TV & Films”.

Foi bem
Para a acertada escalação do núcleo das irmãs Benetido de “Orgulho & Paixão”. Nathalia Dill, Chandelly Braz, Pamela Tomé, Anaju Dorigon e Bruna Griphão estão muito bem em seus papéis e apresentaram um forte entrosamento em cena, gerando boas sequências de se ver.

Foi mal  
Para o bobo “Anitta Entrou no Grupo”, novo programa do Multishow. Sem conteúdo e confuso, a produção apenas surfa no sucesso da cantora, visando chamar público para o canal.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários