Letras de mar e sol

Publicação: 2019-01-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Rodrigo Mello trabalha onde todo mundo passeia. O jovem cantor e compositor potiguar já pode ser visto várias vezes soltando a voz no calçadão de Ponta Negra. Para quem gosta de música e cresceu numa cidade praieira, a associação entre cenários e trilha sonora foi um caminho natural. “Meu primeiro contato direto com musica começou muito cedo, quando, aos 8 anos, ganhei meu primeiro violão. Com o tempo comecei a escrever meus primeiros versos, sempre exaltando as minhas vivencias diárias”, conta.

Rodrigo Mello, cantor e compositor
Rodrigo Mello, cantor e compositor

Rodrigo ressalta que as viagens pelo litoral do estado estão sempre presentes quando busca inspirações, tornando a pegada de sua música bastante praiana. “A prática de esportes, principalmente o surf, também faz parte desse processo criativo”, enfatiza. Até as composições autorais têm cara de mar e sol. “Através do freestyle (improvisação de letra em cima de uma base musical), criava rascunhos, que lapidados se tornariam novas musicas. Assim, ano passado dei o start no processo de gravação, acompanhado do lançamento do single  'Sereia'. Primeira música de trabalho para o ano de 2019, já presente nas plataformas digitais e rádios da cidade, que contará com clipe no hotel Sombra e Água Fresca, em Pipa”, explica.

“Aqui no estado tenho três praias prediletas, que são: Baia Formosa, onde indico a pousada La Bonita, que além da vibe tem uma culinária incrível. A praia da Pipa, que tem um astral bastante multicultural e vários cartões postais do estado. E por fim, o pôr-do-sol imperdível da praia de Tourinhos, litoral Norte.

Na capital, recomendo bastante a sanduicheria Black Kitchen, em especial o sanduíche Black Pork. Para comer à dois, o restaurante Old Five, no pé do Morro do Careca. Para aperitivos e uma cerveja, Dom Vinícius. E para um rodízio, Fogo e Chama.

Já quando se fala em filmes para assistir no fim de semana, sempre indico dois que me marcaram muito: 'Um sonho de Liberdade' e 'A Vida é Bela'. Valem muito a pena. E para uma boa leitura, 'O Alquimista', de Paulo Coelho. Sinto falta de um maior incentivo de eventos culturais nas praias da cidade, buscando valorizar nossa orla e as belezas de Natal.”



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários