Natal
Liga Contra o Câncer anuncia construção de Centro de Diagnóstico e Ensino em Currais Novos
Publicado: 09:02:00 - 03/12/2021 Atualizado: 09:09:59 - 03/12/2021
A Liga Norteriograndense Contra o Câncer, referência em tratamento do câncer no Rio Grande do Norte e no Nordeste, anunciou na última sexta-feira, 26, a construção de seu Centro de Diagnóstico e Ensino, na cidade de Currais Novos.
Divulgação

O Projeto é fruto de duas emendas parlamentares do Senador Styvenson Valentim, que destinou 100% da sua cota dos anos de 2022 e 2023 para a construção do Centro, que receberá R$ 29 milhões em sua totalidade, que serão divididos em duas fases, a primeira para a construção do setor de diagnóstico e a segunda para o setor de ensino. "Quem tem câncer não pode esperar. Sabemos que a melhor maneira de combater essa doença - muitas vezes tão perversa - é com a prevenção e o diagnóstico precoce. Queremos que as pessoas recebam um serviço digno, de forma limpa, justa e honesta", afirmou o senador.

Com prazo para iniciar suas atividades em 18 meses, capacidade para atendimento mensal de cerca de 8.000 procedimentos e previsão de realização de 12 cursos no primeiro ano após abertura da área do ensino, que deverá ofertar cerca de 2.500 vagas para profissionais da região, o projeto contou ainda com a parceria da Prefeitura de Currais Novos, que apresentou projeto de lei - aprovado por unanimidade pela câmara de vereadores - doando um terreno de 31 mil m2, que sediará a nova unidade.

De acordo com o prefeito de Currais Novos, Odon Júnior, a ação vai contribuir para a consolidação de Currais Novos como polo de saúde e educação para toda a região. “Teremos equipamentos de tomografia, ressonância magnética, ultrassom, mamografia digital e vários outros relativos ao diagnóstico do câncer. Os curraisnovenses e pessoas da região terão um atendimento mais próximo”, afirmou.

Para o presidente da Câmara Municipal de Currais Novos, vereador Edmilson Sousa, o esforço busca o desenvolvimento da cidade, garantindo a efetivação de políticas públicas, sempre pensando na população. “Nós aprovamos o projeto no mesmo dia, horas após o recebimento. O que cabia à Câmara foi feito”, disse.

O Centro de Diagnóstico e Ensino, na área de assistência, contará em sua estrutura com salas para consultórios médicos e multiprofissionais, setores para exames de imagens - com aparelhos de tomografia computadorizada, ressonância magnética, ultrassonografia, dermatoscópio digital e mamógrafo digital -, sala para exames, posto de coleta para exames de patologia clínica e cirúrgica e sala para pequenos procedimentos; e na área de ensino, o projeto prevê ainda um auditório, biblioteca, laboratório de informática, laboratório de habilidades (semiologia e semiotécnica) e salas de aula.

“A nova unidade da Liga Contra o Câncer traduz o objetivo de interiorizar cada vez mais o tratamento contra o câncer e atender a grande demanda de pacientes do interior do Estado, chegando a beneficiar uma população de aproximadamente 435 mil habitantes de 38 municípios que compõem aquela região”, declara o coordenador médico da Liga, Arthur Villarim.

Centro ofertará aos pacientes exames de ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, mamografia, exame citopatológico de mama, papanicopau, colposcopia, exames anatomopatológico de todos os sítios anatômicos, exerese de pólipo de útero, entre outros.

“A Unidade surge com o objetivo de realizar exames de prevenção e diagnóstico, ajudando na detecção precoce dos principais tipos de câncer e oferecendo aos pacientes da região medicina diagnóstica de alta qualidade, focada na promoção da saúde, na prevenção e no diagnóstico precoce, tudo isso com mais agilidade e descentralização no tratamento, em uma excepcional estrutura física com profissionais capacitados e atualizados”, afirma Arthur Villarim.

Na área de assistência, a unidade implantará também programas de rastreamento oncológico, visando a saúde e a prevenção dos tipos de câncer mais comuns, com destaque para o câncer de câncer de mama, câncer de próstata, câncer de pulmão, câncer de pele e câncer de colo uterino.

A estrutura contará ainda com uma unidade itinerante móvel para atendimento multidisciplinar, com três consultórios clínicos e ginecológico e espaço para transporte de nove passageiros (equipe assistencial), prestando treinamentos e promovendo acessibilidade aos atendimentos da família.

Sobre a Liga

Reconhecida pela democratização do acesso à oncologia de ponta, a Liga é formada atualmente por seis unidades, sendo uma de apoio humanitário: o Centro Avançado de Oncologia (CECAN), Hospital Dr. Luiz Antônio, Policlínica, Hospital de Oncologia do Seridó (em Caicó), o Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação (IEPI) e a Casa de Apoio Irmã Gabriela (unidade de apoio humanitário).

Instituição privada sem fins lucrativos, a Instituição realiza por ano quase 1,5 milhão de procedimentos e destina 70% de seu atendimento a pacientes do SUS, como parte de sua missão de levar a melhor assistência oncológica a todos os cidadãos, independente da forma de acesso.

Ao longo de sua história, a Liga conseguiu alcançar um nível de excelência raro para uma instituição filantrópica, além de estar se reinventando e, com isso, conseguindo dar conta do vertiginoso crescimento da demanda. “Por sermos uma instituição filantrópica, tudo o que é arrecadado é reinvestido. Então, isso nos permite fazer coisas que uma instituição que visa o lucro não faria. É otimizando nossa receita e controlando cada despesa que conseguimos tratar da melhor forma possível todos os nossos pacientes”, afirma o superintendente da Liga, Dr. Roberto Sales.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte