Natal
Liminar determina volta de 50% da frota de ônibus nesta quinta, mas greve continua
Publicado: 17:13:00 - 19/01/2022 Atualizado: 17:44:29 - 19/01/2022
O desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN) Eridson João Fernandes Medeiros concedeu uma liminar, nesta quarta-feira (19), que determinou a volta de 50% da frota de ônibus na cidade de Natal a partir desta quinta (20). Desde esta terça-feira (18), a categoria dos motoristas de ônibus entrou em greve, circulando apenas com 30% da força dos ônibus. Com a liminar, a população volta a contar com um reforço de mais 20% dessa frota.

Alex Régis/SECOM Natal


A decisão do desembargador estabelece multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento da liminar, mas o diretor de comunicações do Sintro, Harley Deyverson, já afirmou que a categoria dos motoristas irá cumprir com a frota de 50%.

Entre as reivindicações dos rodoviários, estão o reajuste salarial, que eles relatam não ter há dois anos, e o pagamento integral do vale-alimentação, que eles têm recebido somente a metade pelo mesmo período.

Segundo representantes dos dois órgãos, até agora, nem o Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do RN (Sintro), nem o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn), foram chamados para negociação. Segundo o Seturn, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) é quem deve apresentar valores atualizados de uma planilha de apropriação de custos, que deve indicar a cotação do reajuste salarial, do plano de saúde, do imposto sobre serviço (ISS) e do vale alimentação, para determinar o valor certo a ser pago pelos empresários.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte