Linde Gases suspende contrato com SMS

Publicação: 2011-08-04 09:36:00
A empresa Linde Gases Ltda deixará de fornecer gases medicinais (oxigênio líquido, oxigênio gasoso, ar comprimido e oxigênio nitroso) às Unidades Básicas de Saúde do Município. Além disso a empresa comunicou que também recolherá os cilindros, tanques criogênicos e os sistemas de gases medicinais, cedidos em locação à Secretaria de Saúde.

Segundo a terceirizada, o serviço será suspenso por falta de renovação contratual e atraso no pagamento. Na próxima quarta-feira (10), a Linde Gases iniciará o recolhimento dos aparelhos e a suspensão do fornecimento dos gases medicinais.

Estado

A empresa Linde gases também já teve problemas contratuais e de dívidas com o Governo do Estado. A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) em junho passado a terceirizada ameaçou rescindir o contrato com a empresa, após uma tentativa frustrada de negociação da dívida.
Linde ameaçou, na imprensa, que recolheria equipamentos e suspenderia fornecimento de gases

Leia também: