Cookie Consent
Artigos
Livraria do Rio Grande do Norte
Publicado: 00:00:00 - 03/07/2022 Atualizado: 16:45:24 - 02/07/2022
Gustavo Sobral e André Felipe Pignataro
Membros do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN)

O Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte segue, semanalmente, na Tribuna do Norte, neste espaço no Quadrantes, aos domingos, se propondo, sob a forma de artigos escrito por autores diversos, a entregar um pouco de temas diversos e variados acerca da história, geografia, literatura e cultura do Rio Grande do Norte.

Quando assumimos a coordenação destas publicações do Instituto, procuramos renovar os temas e criar uma linha comum para desenhar textos em série a cada semestre. E o tempo foi passando, as semanas foram indo e vindo, e chegamos à terceira série de textos.

Faz bem recapitular: a nossa primeira série foi dedicada a contar um pouco da história do Rio Grande do Norte, a partir de peças do museu do Instituto e de alguns temas suscitados pelo pequeno museu. Fomos investigar a história de doadores, como Clara Soares e Neuza Guerra, fomos revelar um segundo primeiro retrato do Rio Grande do Norte, que praticamente desconhecíamos. Apresentamos a coleção numismática do Instituto e escrevemos sobre o primeiro tipógrafo do primeiro jornal do Estado. Tudo fruto de pesquisa realizada por nós que fazemos a instituição.

Na segunda série, continuamos atentos ao acervo museológico da instituição. Desta feita, resolvemos resgatar o título da coleção consagrada de Câmara Cascudo publicada pelo Instituto, a “Velhas Figuras”, e lançamos um olhar sobre os bustos e retratos do acervo, escrevendo um pouco da história biográfica das figuras retratadas. Foi a que acabamos de ler neste primeiro semestre de 2022. E continuamos colhendo a boa repercussão que este trabalho do instituto vem causando. Agora, chegamos à terceira série de textos e resolvemos trazer para as páginas da Tribuna, aquilo que anda distante dos jornais: a resenha de livros. Faz falta ler um comentário, trecho, conhecer, descobrir ou redescobrir os livros dos nossos autores. E, assim, convidamos escritores nossos para resenhar livros de autores nossos.

O resultado que se apresenta é uma diversidade de títulos que vão surgir como uma grata surpresa nos próximos meses, a cada semana, nesta página da Tribuna. Vamos apresentar, entre outros, as Revistas do Instituto Histórico e da Academia Norte Rio-grandense de Letras, as Paróquias Potiguares, do padre Normando Pignataro Delgado, os Nomes da Terra de Câmara Cascudo, as Notas para a História do Rio Grande do Norte, de Olavo de Medeiros Filho, e inúmeros outros títulos.

Procuramos privilegiar a escrita de não ficção, mais afeita aos propósitos do Instituto, e os trabalhos de relevo em áreas como patrimônio. Portanto, há resenhas dos trabalhos de Oswaldo de Souza sobre o patrimônio do Rio Grande do Norte, de Hélio Galvão sobre a Fortaleza dos Reis Magos. Ainda, há o Dicionário da Imprensa, de Manoel Rodrigues de Melo, e Artes Plásticas do Rio Grande do Norte, de Dorian Gray Caldas. E por aí vai, com as cartas, tanto as de Hélio Galvão, as da praia, quanto as de Paulo Bezerra, do sertão do Seridó.

Por fim, só nos resta o convite para acompanhar esta nova série de textos, num total de 25 resenhas de livros de autores do Rio Grande do Norte e de temas norte-rio-grandenses, e conhecer ou relembrar os títulos que já se inscrevem na nossa consagrada livraria de autores e temas locais.

* Artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte